Crime Ambiental

PM faz apreensão de 350 cabeças de palmito cortadas ilegalmente

17 Nov 2016 - 12h52
PM faz apreensão de 350 cabeças de palmito cortadas ilegalmente -
Além do material, dois homens foram presos e um menor apreendido.

A ocorrência de crime ambiental começou quando os policiais militares em rondas na região da Tifa Araribá, bairro Bracinho, avistaram um veículo agrícola tobata carregado com 32 cabeças de palmito, supostamente extraídas sem autorização dos órgãos ambientais. Um homem estava no veículo e confirmou não ter autorização para corte e sabia que a ação era ilegal. Ele foi preso e disse que havia mais duas pessoas no mato cortando mais palmito nativo.

Os policiais militares entraram no mato e avistaram uma pessoa que correu. A uma distância de 100 metros de onde estavam, os pms avistaram um Fiat Uno, cor vermelha, parado, com mais quatro peças carregadas no porta malas. Logo à frente, dentro de um rancho de uma casa, foram achadas mais 320 cabeças de palmito nativo.

O material foi reunido e resultou numa carga de 350 peças. Enquanto os policiais faziam a apreensão, chegou o dono da propriedade, junto com mais um homem que estava cortando as árvores e aquele que fugiu pelo mato – um menor de 17 anos.

Entre os detidos estava o dono da propriedade de 55 anos, que teria autorizado o corte. Pai e filho - 48 e 17 anos - também foram encaminhados à Delegacia de Polícia acusados por crime ambiental, um quarto envolvido que conseguiu fugir e se esconder na mata foi identificado, porém não localizado.

Matérias Relacionadas

Região

Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio

A partir das 15h deste sábado (17), a rádio Jaraguá vai transmitir a missa de misericórdia pela Beatificação de Padre Aloísio Boeing
Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio
Ver mais de Região