Polícia Civil

Mulher é encontrada morta com cinco tiros na praia do Gi, em Laguna

29 Mar 2017 - 17h30
O corpo de uma mulher de 28 anos foi encontrado por pescadores na Praia do Gi em Laguna, no Sul catarinense, por volta das 17h30 desta terça-feira (28). De acordo com a Polícia Civil, ela tinha marcas de cinco tiros no corpo e sinais de espancamento.

Parentes da vítima informaram aos policiais que ela havia saído de casa às 23h de segunda-feira (27) para participar de uma reunião e na madrugada de terça passou a circular nas redes sociais a notícia de que ela havia morrido.

Segundo a polícia, além de levar cinco tiros, a mulher foi enforcada, tinha um punho quebrado e várias lesões no rosto.

As informações preliminares coletadas pela polícia são de que a reunião da qual ela teria participado seria de uma seita. A suspeita dos policiais é que ela estivesse envolvida com traficantes.

Na apuração inicial da polícia, surgiu a informação de que ela foi convocada a participar dessa reunião e, caso não fosse, iriam à casa dela, nos fundos da residência de sua avó, segundo relata a polícia.

O ex-marido da vítima está preso e o namorado dela foi assassinado há seis meses, informou a Polícia Civil.

G1 SC

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Região

Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio

A partir das 15h deste sábado (17), a rádio Jaraguá vai transmitir a missa de misericórdia pela Beatificação de Padre Aloísio Boeing
Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio
Ver mais de Região