Fecomércio SC

Fecomércio SC apresenta ação contra operadoras de cartão de crédito e shopping virtual em Laguna

26 Nov 2015 - 20h45

A entidade também apresentou o Fecomércio Shopping, nova plataforma de e-commerce criada para preencher uma lacuna no setor terciário em SC e ampliar a competitividade das empresas.

Durante o evento, realizado em parceria com o Sindicato Comércio Atacadista Varejista (Sincaval) de Laguna, a Federação detalhou o teor da ação ajuizada há um ano - que pede o fim do pagamento do aluguel das máquinas de cartão e a revisão das taxas aplicadas pelas empresas Redecard e Cielo- e apresentou os impactos das cobranças de taxas abusivas e ilegais no setor de comércio e serviços.

Atualmente, a mensalidade pelo aluguel das máquinas de cartão (POS) custa entre R$ 40 e R$ 200. Soma-se a isso uma comissão sobre cada venda efetuada em patamares que variam de 1,5% a 6% sobre o valor da operação, com casos de até 8%. A diferenciação de taxas conforme o porte do estabelecimento também é questionada pela Federação por penalizar o pequeno e médio empresário.

Conforme o presidente da entidade, Bruno Breithaupt, a interrupção dessas cobranças pode criar um cenário de preços e de condições de pagamento mais atrativos, aquecendo novamente as vendas no comércio.

"É impraticável para o comerciante não aderir a esta forma de pagamento, já que 80% dos brasileiros usam cartões de crédito. Como porta-voz de quase 400 mil empresas no Estado, a Fecomércio SC questiona estes valores indevidos e excessivos, que refletem negativamente nos resultados do comércio", avalia.


Investimento em inovação

Nova ferramenta de negócios para os catarinenses, o Fecomércio Shopping também foi apresentado aos empresários da região Sul pela equipe de Divisão de Mercados da entidade. A plataforma tem navegação intuitiva, oferece segurança nas transações online e suporte técnico especializado, configurando-se como uma maneira prática e de baixo custo para a entrada no mundo virtual.

A ferramenta chancelada pela Federação traz a oportunidade aos empresários, comerciantes e prestadores de serviço do Estado de fazer parte de um mercado que movimentou quase de R$ 40 bilhões em 2014, com previsões otimistas para os próximos anos.


"Com as novas tecnologias vieram os novos hábitos de consumo. Quem quiser manter-se à frente no seu mercado precisa adaptar-se a essa nova realidade. A Fecomércio SC está investindo em produtos e serviços estratégicos que aumentem a produtividade e o desempenho do setor", afirma Giselle Loregian, gerente da Divisão.

O Fecomércio Shopping dispõe de um conjunto de módulos e funcionalidades para a automatização de todos os processos desde o cadastramento de produtos, controle de estoque, promoções, frete, hospedagem, customização da loja a partir de diversas opções de layouts e módulos de integração, incluindo aplicativos para smartphones e tablets. Outro diferencial é o pagamento único, no qual o consumidor consegue comprar em várias lojas online e pagar apenas uma vez.

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Ver mais de Região