SESC

DNA empreendedor deve tirar SC da crise

16 Out 2015 - 19h25

"Nós, catarinenses, temos alguns diferenciais em relação a outras regiões do país. Este espírito empreendedor que está no nosso DNA vai nos impulsionar para sair da crise. As reformas política e trabalhista vão desburocratizar a vida do empresário e trazer competividade novamente ao setor", afirmou o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt, na abertura da 29º edição da Convenção da Contabilidade do estado de Santa Catarina (CONTESC), realizado até sexta-feira (16), no Centro de Convenções de Florianópolis (CentroSul), em Florianópolis.

A cerimônia da noite de quarta-feira contou com a presença do Governador Raimundo Colombo, o senador Paulo Bauer, o presidente da ALESC, deputado Gelson Merisio, representantes da classe contábil e o presidente da Fiesc, Glauco José Côrte. Os líderes das entidades do Sistema S fizeram a palestra magna sobre os desafios e perspectivas para o comércio e a indústria em 2016.


O dirigente aponta a reforma tributária como um dos caminhos para a estabilização da situação econômica.  "Há pelo menos 40 anos se fala em reforma tributária para simplificar a receita desses tributos. Cabe uma mudança estrutural no tamanho do estado. O EUA, por exemplo, é uma grande nação por que o tamanho do estado é pequeno. Chegamos às taxas de juros mais altas da década e com inflação a 9,5%, o que impacta diretamente no volume de vendas e no fechamento de postos de trabalho", afirma. O presidente lembra que o país está próximo de atingir a marca de 100 impostos. Caso a nova CPMF seja aprovada no Congresso, os brasileiros terão 93 tributos em vigor, entre impostos, taxas e contribuições.

Um dos "termômetros" do setor, as contratações temporárias para atender a demandas no comércio entre as festas de fim de ano e o Carnaval também terão uma retração de 50%, ou seja, apenas 4 mil novas vagas devem ser abertas em todo o Estado.

O presidente destacou os investimentos do SESC e Senac em educação e profissionalização em SC. "O aumento na produtividade só será sustentável com aportes mais significativos em inovação e educação no Brasil. Há 25 anos, a Coréia do Sul priorizou a educação e hoje mostra competividade nas indústrias automobilísticas. O SESC tem investido em escolas modelo em SC, com educação integral de qualidade, e nos educadores, com projetos de qualificação. Com o programa de Educação a Distância (EAD), o Senac disponibiliza uma série de treinamentos pela internet em áreas inerentes ao comércio. Começamos o ano com o lema de "Pátria educadora" e de lá pra cá vemos cada vez mais cortes nos recursos destinados à educação, contingenciamento do Pronatec por parte do governo, e ações arrecadatórias na outra ponta, como o anúncio do confisco em parte do orçamento dos Sistema S", finaliza.

O Contesc 2015 reúne cerca de 1200 pessoas, entre empresários da contabilidade, autônomos, profissionais liberais, auditores, peritos contábeis, Universidade, membros de associações e sindicatos da área e órgãos do governo.

A programação conta com palestras sobre contabilidade na construção civil, e-social, normas internacionais e mercado de trabalho, além de Feira de Negócios, Produtos e Serviços Contábeis.   Um das mais aguardadas é a do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, que abordará sobre o TSE e a prestação de contas, no encerramento do evento, na sexta-feira, às 17h30.

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Ver mais de Região