Paralisação

Caminhoneiros fazem paralisação próximo ao Porto de Itapoá

22 Mar 2017 - 11h23
Os caminhoneiros que transportam cargas para o Porto de Itapoá, no Norte catarinense, realizam manifestação por reajuste no valor do frete desde terça-feira (21). Nesta quarta (22), conforme a administração portuária, eles estavam reunidos em frente a um terminal de carga. O fluxo de entrada e saída do porto estava liberado.

Os motoristas autônomos querem um reajuste de 30% no valor dos fretes, mas os sindicatos patronais devem fazer uma proposta que pode chegar a 15%.

"Se aceitarmos, inevitavelmente vamos ter que encostar os caminhões. O reajuste não paga  a manutenção e não dá para levar o pão para a casa", disse o presidente do sindicato dos transportadores autônomos e de cargas de Santa Catarina, Ademir de Jesus.

Ainda de acordo com o presidente, as empresas não estão levando em consideração o lucro dos caminhoneiros e nem ao menos o salário deles.

Negociações no estado
A negociação dos trabalhadores autônomos dura cerca de um mês e também tem adesão de paralisação em Itajaí, Navegantes e Itapoá. Conforme o presidente do sindicato, a categoria representa 80% dos transportadores em atividade.

 

G1

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Região

Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio

A partir das 15h deste sábado (17), a rádio Jaraguá vai transmitir a missa de misericórdia pela Beatificação de Padre Aloísio Boeing
Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio
Ver mais de Região