Bolsa Família

7,6 mil são suspeitos de receber Bolsa Família irregular em SC

17 Nov 2016 - 13h40
O Ministério Público Federal (MPF) aponta que em Santa Catarina 7.692 pessoas podem ter recebido o Bolsa Família de maneira irregular. O balanço foi feito a partir de uma análise dos beneficiados entre 2013 e 2016.

O órgão realizou o estudo cruzando informações do Governo Federal, Justiça Eleitoral e Tribunal de Contas. As prefeituras estão sendo notificadas para verificar as condições dos beneficiários e também revisar o cadastro.

Mais de 256 mil são beneficiados pelo Bolsa Família no estado. Pela investigação, quase 3% do total devem ser irregulares. Isso equivale a cerca de R$ 26 milhões desviados em três anos, de R$ 780 milhões pagos no estado.

As secretarias de assistência social dos municípios são responsáveis pela fiscalização e autorização dos beneficiados. O Bolsa Família atende famílias com renda máxima de R$ 170 por pessoa. A maioria recebe R$ 195 por mês. Em casos extremos, pode sacar até R$ 372. As informações são do G1

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Região

Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio

A partir das 15h deste sábado (17), a rádio Jaraguá vai transmitir a missa de misericórdia pela Beatificação de Padre Aloísio Boeing
Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio
Ver mais de Região