INTERNACIONAL

Venezuela: Líder da oposição pede que uso da força seja considerada

24 Fev 2019 - 19h04

Os líderes da oposição venezuelana pediram à comunidade internacional para considerar o uso da força contra o regime do presidente Nicolás Maduro, depois dos episódios de violência resultantes da tentativa de levar ajuda humanitária ao país.

Julio Borges, um dos principais membros da coalizão de oposição, disse neste domingo que as propostas para intensificar as ações contra Maduro serão feitas durante uma reunião na capital colombiana, Bogotá, amanhã (25).

O líder da oposição, Juan Guaidó, reconhecido como presidente legítimo da Venezuela por mais de 50 países, incluindo os EUA, participará da reunião com o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, e com diplomatas regionais.

"Vamos exigir uma escalada na pressão diplomática e no uso da força contra a ditadura de Nicolás Maduro", disse Borges, que é o representante da oposição no Grupo Lima, uma coalizão de nações latino-americanas e do Canadá que se opõe a ele. Fonte: Dow Jones Newswires.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Diretoria da Anvisa rejeita importação e uso da Sputnik V

Compra da vacina foi solicitada por estados e municípios
Diretoria da Anvisa rejeita importação e uso da Sputnik V
Saúde

Anvisa avalia pedidos de importação da vacina Sputnik V

Reunião extraordinária está marcada para as 18h
Esportes

Eliminatórias da Copa do Mundo serão retomadas em junho, diz Conmebol

Jogos ocorrerão antes de 13 de junho, quando começa a Copa América
Eliminatórias da Copa do Mundo serão retomadas em junho, diz Conmebol
Economia

Renault, WEG e EDP fazem parceria para expandir estações de recarga para veículos elétricos

A WEG fornecerá as estações de recarga para veículos elétricos e a EDP será responsável pelas vistorias e pela instalação dos equipamentos
Renault, WEG e EDP fazem parceria para expandir estações de recarga para veículos elétricos
Ver mais de Mundo