Delivery Much
INTERNACIONAL

Temporada de escaladas no Everest registra 11ª morte em 2019

28 Mai 2019 - 11h31

Um alpinista americano morreu durante a descida do Everest, anunciaram as autoridades do Nepal, o que eleva para 11 o número de vítimas na maior montanha do mundo na temporada atual. Christopher John Kulish, de 61 anos, alcançou o topo da montanha de 8.848 metros e retornou na segunda-feira, 27, ao acampamento base mais elevado do Everest.

"Ele teve um problema cardíaco e morreu, de acordo com os organizadores da expedição", afirmou Mira Acharya, funcionário do Departamento de Turismo do Nepal.

A temporada atual, que pode superar o recorde de 807 pessoas no topo do Everest, registrado em 2018, é uma das mais letais desde 2015. Além das 11 pessoas mortas no Everest, nove alpinistas morreram em montanhas com mais de 8 mil metros de altura na região do Himalaia.

A relutância do governo de Nepal em limitar o número de pessoas autorizadas a escalar o Monte Everest contribui para uma superlotação perigosa, com alpinistas inexperientes atrapalhando outros e causando atrasos nas expedições, dizem alpinistas experientes. (Com agências internacionais).

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Biden anuncia retorno dos EUA ao Acordo de Paris

Presidente também assinou decretos relacionados à imigração
Biden anuncia retorno dos EUA ao Acordo de Paris
Geral

Vulcão Etna entra em erupção na Itália

Fenômeno foi visível na parte leste da Sicília
Saúde

Variante britânica do novo coronavírus é detectada em 60 países

Informação é da Organização Mundial da Saúde
Política

Joe Biden toma posse como presidente dos EUA em evento virtual

Pandemia e ataque ao Capitólio esvaziaram cerimônia
Ver mais de Mundo