INTERNACIONAL

Rússia desativa reator nuclear após 45 anos de atividade

22 Dez 2018 - 09h07

A companhia de energia nuclear da Rússia, a Rosatom, informou que um reator construído pelos soviéticos foi desativado após 45 anos de atividade. Segundo a estatal, vai levar até 2023 para que o reator descarregue todo seu combustível de urânio.

Inaugurado em 1973, o reator 1 da Usina de Leningrado se tornou a primeira unidade do modelo RBMN-1000 construído na União Soviética. Um reator do mesmo tipo explodiu em Chernobyl em abril de 1986 no pior desastre nuclear do mundo. Desde o acidente, os modelos receberam atualizações de segurança.

A usina tem outros três reatores do mesmo modelo e um mais atual, o VVER-1200, que entrou em operação neste ano. Fonte: Associated Press.

Matérias Relacionadas

Geral

Inverno começa nesta segunda-feira no Hemisfério Sul

Estação se estenderá até 22 de setembro
Inverno começa nesta segunda-feira no Hemisfério Sul
Saúde

G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022

Compromisso consta em documento final da reunião de líderes do grupo
G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022
Esportes

Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela

Seleção faz 3 a 0 com gols de Marquinhos, Neymar e Gabriel Barbosa
Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela
Saúde

Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos

Estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela agência
Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos
Ver mais de Mundo