Prates
Caraguá
INTERNACIONAL

Queremos negociar comércio com Reino Unido e também com UE, diz Trump

14 Mar 2019 - 13h49Por Gabriel Bueno da Costa

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump afirmou nesta quinta-feira que gostaria de ver resolvido logo a questão da saída do Reino Unido da União Europeia, o Brexit. Ele se disse surpreso sobre como evoluíram mal as negociações e comentou que a primeira-ministra britânica, Theresa May, não teria seguido seu conselho sobre o diálogo com o bloco. Trump afirmou que deseja negociar um acordo comercial com o Reino Unido e também disse que tem tratado do assunto com a UE.

Trump ainda argumentou que, na opinião dele, não seria possível realizar outra votação popular sobre o Brexit, já que isso seria injusto com os vencedores do primeiro referendo. Ainda para ele, "provavelmente" as duas partes terão de estender o período do diálogo, diante do impasse para se chegar a um acordo aprovado pelo Parlamento britânico.

O presidente americano afirmou que, caso a União Europeia resista a discutir a relação comercial com os americanos, os membros do bloco acabarão sendo alvo de tarifas. Segundo Trump, os europeus tratam os americanos "muito mal" há tempos e ele pretende mudar isso.

Trump falou do assunto durante visita do premiê da Irlanda, Leo Varadkar. Segundo o americano, há conversas em andamento com o bloco. A UE teme que os EUA imponham tarifa sobre seu setor automotivo e não está claro se isso pode ainda se materializar mais adiante.

Caraguá

Matérias Relacionadas

Geral

Olavo de Carvalho morre, aos 74 anos

Informação foi dada pela família nas redes sociais
Olavo de Carvalho morre, aos 74 anos
Economia

WEG vai abrir nova fábrica na Ásia

Previsão de inauguração é para o primeiro semestre deste ano
WEG vai abrir nova fábrica na Ásia
Saúde

Aumento de casos de Covid-19 não deve elevar número de óbitos, afirma ministro

Queiroga disse também que, nos próximos 15 dias, serão distribuídos 14 milhões de testes rápidos de antígenos.
Aumento de casos de Covid-19 não deve elevar número de óbitos, afirma ministro
Geral

Incêndio em Nova York deixa 19 mortos, nove deles crianças

Fogo no bairro de Bronx deixou ainda centenas de feridos
Ver mais de Mundo