Joaçaba Pneus
INTERNACIONAL

Putin anuncia decisão de Trump de retirar tropas americanas da Síria

20 Dez 2018 - 08h44

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quinta-feira que apoia a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de retirar as tropas americanas da Síria, acrescentando que o foco agora deverá ser encontrar uma solução política para a crise do país do Oriente Médio.

"Se os EUA querem retirar seu contingente, isso é correto", disse Putin durante coletiva de imprensa anual, em Moscou.

Num gesto inesperado, Trump anunciou ontem que os EUA vão retirar cerca de 2 mil militares do norte da Síria nas próximas semanas. Segundo ele, as tropas cumpriram seu objetivo de derrotar o Estado Islâmico.

Putin disse "concordar totalmente com Donald" que o Estado Islâmico foi derrotado militarmente, mas ressaltou haver riscos de que ex-combatentes do grupo se desloquem para países vizinhos. Ele afirmou, porém, estar cético de que os EUA retirarão todas as suas tropas da Síria, dado o histórico dos americanos de se envolverem em situações difíceis no Oriente Médio.

"Os EUA ficaram no Afeganistão por 17 anos e, todos os anos, eles anunciam uma retirada e eu não vejo sinais de que eles estão saindo", comentou Putin. Fonte: Dow Jones Newswires.

Matérias Relacionadas

Saúde

G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022

Compromisso consta em documento final da reunião de líderes do grupo
G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022
Esportes

Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela

Seleção faz 3 a 0 com gols de Marquinhos, Neymar e Gabriel Barbosa
Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela
Saúde

Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos

Estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela agência
Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos
Esportes

Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote

Texto foi publicado nas redes sociais após vitória contra o Paraguai
Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote
Ver mais de Mundo