Delivery Much
INTERNACIONAL

Projeto de lei restringe aborto no Missouri

18 Mai 2019 - 06h22

A Câmara dos Deputados do Missouri aprovou ontem uma lei que proíbe abortos depois que as batidas do coração do feto são detectadas, o que o projeto estima que aconteça na oitava semana de gestação. A lei segue para sanção do governador, o republicano Mike Parson, que deve assiná-lo.

Se aprovado, ela tornará o Missouri o quinto Estado americano a adotar leis mais restritivas apenas neste ano. Pelo texto, médicos que infringirem a lei podem ser condenados a penas de prisão de 5 a 15 anos. (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC

São consideradas instituições com mais de 4 milhões de clientes
Saúde

Governo do Estado acompanha ato de entrega das vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira

No domingo (17), os cinco diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovaram por unanimidade o uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford contra a Covid-19
Governo do Estado acompanha ato de entrega das vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira
Saúde

Anvisa devolve pedido de uso emergencial da Sputnik

Vacina é fabricada pela Rússia
Saúde

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra covid

Decisão depende de publicação para entrar em vigor
Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra covid
Ver mais de Mundo