CMJS - Novembro
Mundo

Pela primeira vez, China consegue cultivar planta na lua

A Change-4 foi a primeira nave a explorar o lado escuro da lua e ainda levou na sua carga uma mini-biosfera de 2,5 kg chamada Micro Ecossistema Lunar

19 Out 2019 - 06h00Por Da Redação
Pela primeira vez, China consegue cultivar planta na lua - Crédito: Universidade de Chongqing / Victor Tangermann Crédito: Universidade de Chongqing / Victor Tangermann

A China ganha mais uma etapa da corrida espacial ao anunciar que conseguiu, pela primeira vez, cultivar uma planta em solo lunar, mais espeficamente um broto de algodão, que sobreviveu duas semanas.

O país asiático já tinha entrado para a história quando pousou a sonda Chang’e-4 no lado escuro da lua em 3 de janeiro de 2019.

A Chang’e-4 foi a primeira nave a explorar o lado escuro da lua e ainda levou na sua carga uma mini-biosfera de 2,5 kg chamada Micro Ecossistema Lunar.

O cilindro, que tem apenas 18 cm de comprimento e 16 cm de diâmetro, contém seis formas de vida que foram mantidas por 20 dias em condições parecidas com as da Terra, exceto pela microgravidade e radiação lunar.

Como

Foram levadas sementes de algodão, de batata, de canola, levedura, ovos de mosca-das-frutas, e um mato comum da espécie Arabidopsis thaliana.

Apenas as sementes de algodão produziram resultado positivo, em janeiro deste ano.

O brotamento de duas folhas de uma mudinha foi registrado nos 14 dias em que a semente passou na lua.

Ao final deste período, a região ficou na escuridão e no frio de -190ºC, e a mudinha morreu.

A imagem disponibilizada pela China é uma reconstrução em 3D baseada em análise e processamento de imagem.

O pesquisador responsável por este experimento, Xie Gengxin, do Instituto de Pesquisa Tecnológica da Universidade de Chonguing, avisa que não haverá um artigo científico publicado sobre o evento, mas que ele pretende continuar o trabalho.

A missão Chanc’e-4 foi a primeira a levar organismos terráqueos para a lua, sem considerar os astronautas das missões lunares de 1969 a 1972.

Xie e sua equipe esperam enviar mais formas de vida nas próximas missões para a lua, mas eles ainda não especificaram os tipos de organismos.

A China já planejou a Chang’e-6, uma missão de retorno de amostragem que deve acontecer em meados de 2020.

Fonte: SóNotíciaBoa



 

Matérias Relacionadas

Geral

Transformação digital pode gerar grande impacto econômico global

O tema foi debatido nesta quarta-feira (13) em workshop da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em Brasília
Transformação digital pode gerar grande impacto econômico global
Variedades

Estudantes constroem prótese para adolescente tocar violoncelo

Kayla Arqueta é do Texas, EUA. Ela nasceu sem a mão esquerda e parte do antebraço, o que não a impediu de fazer um teste para a orquestra da Austin Middle School, em Irving
Estudantes constroem prótese para adolescente tocar violoncelo
Saúde

Vírus que mata todo tipo de câncer começa a ser testado em humanos

Os pesquisadores acreditam que isso mostrará onde o tratamento é mais eficaz mais rápido do que apenas testar em um tipo de câncer
Vírus que mata todo tipo de câncer começa a ser testado em humanos
Saúde

EUA aprovam 1º tratamento eficaz contra fibrose cística

O recém-aprovado medicamento Trikafta, desenvolvido pela Vertex Pharmaceuticals, pode ser usado para tratar pacientes mais de 12 anos com fibrose cística
EUA aprovam 1º tratamento eficaz contra fibrose cística
Ver mais de Mundo