Joaçaba Pneus
INTERNACIONAL

Paquistão liberta piloto capturado da Índia, reduzindo tensão bilateral

01 Mar 2019 - 21h37

O Paquistão liberou um piloto de combate indiano nesta sexta-feira, com a intenção de acabar com um ciclo de ataques retaliatórios que levou os inimigos próximos a um confronto e poderia estabelecer um precedente para embates futuros. O piloto indiano Abhinandan Varthaman foi libertado na fronteira e seguiu caminhando até a Índia, em um episódio dramático transmitido na televisão dos dois países.

A libertação reduziu as tensões imediatas, causadas por ataques aéreos de lado a lado e pela captura do piloto. O premiê indiano, Narendra Modi, comemorou a libertação do piloto. O episódio ocorre semanas antes de uma eleição geral que determinará se Modi conseguirá um segundo mandato.

A série de confrontos começou em 14 de fevereiro, quando um militante local na região da Caxemira detido pela Índia matou 40 paramilitares. Nova Délhi atribuiu o ataque a um grupo extremista sediado no Paquistão. Em retaliação, aviões indianos entraram no espaço aéreo paquistanês e atacaram alvos pela primeira vez desde 1971.

O Paquistão e a Índia travaram três guerras, em 1947, 1965 e 1971, além de um conflito mais pontual em 1999 pela Caxemira, região reivindicada pelos dois países, ambos detentores de armas nucleares. Fonte: Dow Jones Newswires.

Matérias Relacionadas

Saúde

G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022

Compromisso consta em documento final da reunião de líderes do grupo
G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022
Esportes

Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela

Seleção faz 3 a 0 com gols de Marquinhos, Neymar e Gabriel Barbosa
Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela
Saúde

Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos

Estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela agência
Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos
Esportes

Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote

Texto foi publicado nas redes sociais após vitória contra o Paraguai
Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote
Ver mais de Mundo