Mundo

País compra últimos elefantes de circo para que possam se aposentar

Os elefantes, Ramboline, Lara, Djunga e Jenny, foram comprados de dois circos diferentes

14 Set 2019 - 15h00Por Da Redação
País compra últimos elefantes de circo para que possam se aposentar - Crédito: Reprodução / Egon Zitter Crédito: Reprodução / Egon Zitter

O governo da Dinamarca comprou os últimos elefantes de circo do país para que eles possam se aposentar e viver em paz pelo resto de suas vidas.

O governo pagou por ele US $ 1,6 milhão – mais de R$ 6,4 milhões – e antecipou para este ano a proibição do uso de animais selvagens em circos.

Os elefantes, Ramboline, Lara, Djunga e Jenny, foram comprados de dois circos diferentes.
 
A Animal Protection Denmark cuidará dos animais até que eles encontrem um lar permanente.

A compra ocorre pouco tempo depois de o governo do Reino Unido aprovar a proibição de animais silvestres em apresentações circenses, em maio.

Outro circo na Alemanha ganhou as manchetes em junho, depois de se tornar o primeiro a usar animais holográficos em seu show.

Os Estados Unidos também se aproximaram da proibição do uso de animais de circo depois que Nova Jersey e Havaí se tornaram os primeiros estados a emitir legislação contra a prática notoriamente desumana, em dezembro de 2018.

Embora já exista legislação em 145 localidades dos EUA, com limitações e restrições ao desempenho dos animais, as medidas pioneiras de Nova Jersey e do Havaí proíbem o uso de qualquer espécie de animal selvagem, incluindo elefantes, tigres, leões, ursos e primatas, em circos e shows de viagem.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Matérias Relacionadas

Geral

Brasileiro não precisa mais de visto para visitar o Catar

Brasil e Catar vão permitir que seus habitantes permaneçam em território sem visto de entrada por um período máximo de 90 dias por 12 meses
Brasileiro não precisa mais de visto para visitar o Catar
Mundo

Incêndio: Austrália vai investir 1,24 bilhão na indústria do turismo

Morrison explicou que pretende dar "um grande impulso" à indústria turística, mas disse que o plano será detalhado na próxima semana
Incêndio: Austrália vai investir  1,24 bilhão na indústria do turismo
Educação

Ex-catador de latinhas brasileiro aprovado em Harvard leva luz a escola da África

Além de Moçambique, outros países africanos como Zimbábue, Congo e Madagascar se interessaram pela iniciativa do brasileiro
Ex-catador de latinhas brasileiro aprovado em Harvard leva luz a escola da África
Mundo

Chuva cai pelo 2º dia e ajuda bombeiros a apagar fogo na Austrália

Muitos dos animais afetados tiveram seus habitats destruídos. Desta forma, especialistas alertam para o risco de extinção de algumas espécies
Chuva cai pelo 2º dia e ajuda bombeiros a apagar fogo na Austrália
Ver mais de Mundo