Delivery Much
INTERNACIONAL

ONU decide que Rússia tem de soltar navios ucranianos detidos em novembro

25 Mai 2019 - 11h38Por Associated Press

O Tribunal Internacional para a Lei do Mar da Organização das Nações Unidas (ONU) decidiu hoje que a Rússia tem de libertar imediatamente três embarcações navais ucranianas capturadas em novembro do ano passado e, também, soltar os 24 marinheiros detidos.

A decisão foi proferida na sede da corte, em Hamburgo, na Alemanha, na esteira de uma audiência realizada no início do mês. A Rússia não compareceu nem à audiência nem à sessão deste sábado.

O presidente recém-eleito da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, disse que Moscou poderia emitir um sinal de "real disposição para parar o conflito com a Ucrânia" ao cumprir a ordem. A Rússia não especificou imediatamente como reagiria, mas deixou claro que ainda acredita que o tribunal é o espaço errado para lidar com a disputa.

O confronto no Estreito de Kerch, que liga o Mar de Azov ao Mar Negro, tornou-se um marco no crescente conflito em torno da anexação da Península da Crimeia pela Rússia em 2014. Moscou se apoderou da Crimeia em um ato que a Ucrânia e a maior parte da comunidade internacional veem como ilegal.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Vulcão Etna entra em erupção na Itália

Fenômeno foi visível na parte leste da Sicília
Saúde

Variante britânica do novo coronavírus é detectada em 60 países

Informação é da Organização Mundial da Saúde
Política

Joe Biden toma posse como presidente dos EUA em evento virtual

Pandemia e ataque ao Capitólio esvaziaram cerimônia
Economia

Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC

São consideradas instituições com mais de 4 milhões de clientes
Ver mais de Mundo