INTERNACIONAL

Nos EUA, Bolsonaro se compara a Trump e fala em resolver 'questão na Venezuela'

18 Mar 2019 - 21h31Por Ricardo Leopoldo, Correspondente e enviado especial e Beatriz Bulla

O presidente Jair Bolsonaro comentou que há dois anos já "sofria ataques" das "fake news" e de "grande parte da mídia, que estava contra nós nas eleições." Ele traçou um paralelo com o presidente dos EUA, Donald Trump, que aponta que vários meios de comunicação não realizam uma cobertura justa de sua administração nos EUA.

"Eu conheci o senhor Donald Trump há dois anos, nas prévias eleitorais no Brasil", disse Bolsonaro, em um evento com empresários americanos e brasileiros organizado pela US Chamber of Commerce.

Bolsonaro manifestou-se um admirador também do ex-presidente americano, Ronald Reagan, ao dizer que o povo é que deve conduzir o Estado. "Hoje vocês têm um presidente que admira os EUA", destacou.

De acordo com Bolsonaro, um dos pontos importantes de sua visita aos EUA será tratar da Venezuela. "Temos que resolver a questão da nossa Venezuela. A Venezuela precisa ser libertada."

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Renault, WEG e EDP fazem parceria para expandir estações de recarga para veículos elétricos

A WEG fornecerá as estações de recarga para veículos elétricos e a EDP será responsável pelas vistorias e pela instalação dos equipamentos
Renault, WEG e EDP fazem parceria para expandir estações de recarga para veículos elétricos
Economia

Dólar cai para R$ 5,45 e fecha no menor valor em quase dois meses

Bolsa tem terceira queda seguida, influenciada pelo exterior
Política

Bolsonaro participa de cúpula virtual sobre clima

Encontro promovido pelo governo norte-americano ocorre hoje e amanhã
Bolsonaro participa de cúpula virtual sobre clima
Esportes

Libertadores: São Paulo vence fácil e Flamengo vira na Argentina

Rubro-Negro bateu Vélez, enquanto Tricolor atropelou Sporting Cristal
Ver mais de Mundo