GNet
Caraguá
INTERNACIONAL

Na França, protestos de coletes amarelos voltam a ocorrer neste sábado

23 Fev 2019 - 13h14

Manifestantes franceses de colete amarelo voltaram às ruas do país neste sábado para protestar contra as políticas econômicas do governo Emmanuel Mácron. Organizadores tentam incluir na mobilização pautas antissemitas e contra à violência. Os protestos chegam neste sábado no seu 15º fim de semana.

Um convite online para os atos, organizadores pediram pacificação dos manifestantes. Em Paris, foram registradas cinco manifestações separadas durante este sábado. Em uma das marchas, centenas de manifestantes se reuniram no Monumento do Arco do Triunfo.

Desde que os coletes amarelos saíram às ruas em novembro, uma obscura corrente de violência, teorias da conspiração e, por vezes, racismo floresceu nas margens do movimento. A polícia francesa prendeu milhares de desordeiros e saqueadores; dezenas de pessoas foram acusadas de agredir a polícia.

Autoridades locais na cidade francesa de Clermont-Ferrand pediram para moradores evitar ir ao centro da cidade, onde 2,5 mil manifestantes de colete amarelo entraram em confronto com as forças policiais. A prefeitura disse que a polícia prendeu 15 pessoas - incluindo oito que foram colocados sob custódia. Fonte: Associated Press.

GNet

Matérias Relacionadas

Economia

WEG vai abrir nova fábrica na Ásia

Previsão de inauguração é para o primeiro semestre deste ano
WEG vai abrir nova fábrica na Ásia
Saúde

Aumento de casos de Covid-19 não deve elevar número de óbitos, afirma ministro

Queiroga disse também que, nos próximos 15 dias, serão distribuídos 14 milhões de testes rápidos de antígenos.
Aumento de casos de Covid-19 não deve elevar número de óbitos, afirma ministro
Geral

Incêndio em Nova York deixa 19 mortos, nove deles crianças

Fogo no bairro de Bronx deixou ainda centenas de feridos
Economia

Dólar cai para R$ 5,63, após dados de emprego nos EUA

Bolsa subiu 1,14%, mas fechou semana em baixa
Ver mais de Mundo