INTERNACIONAL

Levarei à UE questionamento do Parlamento sobre fronteira das Irlandas, diz May

20 Fev 2019 - 10h31Por Gabriel Bueno da Costa

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, afirmou no Parlamento em Londres que levará ainda hoje a Bruxelas os questionamentos dos legisladores britânicos sobre o status futuro da fronteira entre as Irlandas. Trata-se do maior ponto de discórdia entre as partes, na busca por um acordo para a saída do país da União Europeia, o Brexit.

May deve viajar à Bélgica e tem uma reunião prevista em Bruxelas às 14h30 (de Brasília) com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker. Ela foi questionada pela oposição o que pode buscar de novo, já que a UE tem resistido a renegociar o acordo já fechado. O documento, contudo, tem sido rechaçado por parlamentares britânicos, sobretudo pela questão do status futuro das Irlandas. Segundo a premiê, é preciso haver mudanças com valor legal para esclarecer esse ponto. Ela voltou a dizer, de qualquer modo, que o plebiscito realizado em 2016 foi vencido pela opção pela saída do país do bloco. May tem rechaçado realizar novo voto popular sobre o assunto.

O líder do oposicionista Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, criticou a postura do governo, que segundo ele prejudica o mercado de trabalho britânico, e citou o anúncio de ontem da Honda de fechar uma fábrica na Inglaterra. May lamentou a decisão da empresa, mas ressaltou que a própria Honda disse que isso não tinha relação com a saída da UE. A primeira-ministra afirmou que as montadoras têm dito a ela que apoiam o acordo do Brexit fechado por seu governo.

As declarações de May no Parlamento ocorrem no mesmo dia em que seu Partido Conservador viu três parlamentares abandonarem a sigla por divergências sobre a condução do Brexit. O trio de deputadas se unirá a outros oito parlamentares que eram do Partido Trabalhista e agora passam a integrar o centrista Grupo Independente. Com a saída, a maioria conservadora do Parlamento ficou ainda mais modesta.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Dólar fecha praticamente estável a R$ 5,60

Bolsa encerra segunda-feira com pequena alta
Esportes

Flamengo é campeão brasileiro

Rubro-Negro perde de 2 a 1, mas garante oitavo título da história
Flamengo é campeão brasileiro
Economia

Lucro da Weg cresce 48,5% no 4º trimestre, para R$ 742,2 milhões

No ano, o lucro chegou a R$ 2,340 bilhões, avanço de 45% ante o ano anterior
Lucro da Weg cresce 48,5% no 4º trimestre, para R$ 742,2 milhões
Economia

Bolsonaro sanciona projeto que dá autonomia ao Banco Central

Medida prevê mandatos para dirigentes do órgão
Bolsonaro sanciona projeto que dá autonomia ao Banco Central
Ver mais de Mundo