INTERNACIONAL

Favorita para suceder chanceler alemã renuncia a cargo de líder do CDU

10 Fev 2020 - 12h03

Cotada como favorita para suceder a chanceler alemã, Angela Merkel, a ministra da Defesa da Alemanha, Annegret Kramp-Karrenbauer, decidiu hoje renunciar à liderança do partido governista União Democrata-Cristã (CDU, pela sigla em alemão).

Com a decisão, Kramp-Karrenbauer não vai disputar o cargo de chanceler do país em 2021, contrariando os planos de sucessão arquitetados por Merkel, que deixará o poder após mais de 15 anos.

Segundo o porta-voz da líder alemã, Steffen Seibert, a renúncia não muda a decisão de Merkel de não concorrer a um quinto mandato. Entre os nomes cotados para sucedê-la estão o do ministro da Saúde, Jens Spahn, e o de Friedrich Merz, que foram derrotados por Kramp-Karrenbauer na disputa pela liderança do partido em 2018. Armin Laschet, governador da Renânia do Nort-Vestfália, também tem sido citado como possível concorrente. Fonte: Associated Press.

Matérias Relacionadas

Esportes

Olimpíada: Fernando Scheffer fatura bronze na natação

Nadador gaúcho fica em terceiro nos 200 metros livre
Olimpíada: Fernando Scheffer fatura bronze na natação
Esportes

Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020

Atleta é a mais jovem na história a conquistar uma medalha para o país
Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020
Esportes

Atleta de Jaraguá manda notícias das Olimpíadas de Tóquio

Atleta de Jaraguá manda notícias das Olimpíadas de Tóquio
Esportes

Na busca pelo bi olímpico, Brasil reencontra Alemanha em Yokohama

Seleção masculina dá largada nos Jogos de Tóquio no palco do penta
Na busca pelo bi olímpico, Brasil reencontra Alemanha em Yokohama
Ver mais de Mundo