dengue
INTERNACIONAL

Ex-ministro no Reino Unido diz que outras autoridades podem deixar cargo

11 Nov 2018 - 10h23

O ex-ministro de Transportes do Reino Unido Jo Johnson, que renunciou ao cargo na sexta-feira, disse que outras autoridades podem deixar o cargo no
governo para protestar contra o plano da primeira-ministra, Theresa May, de saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit).

Jo Johnson disse à rádio BBC que cabe aos membros do Parlamento "continuarem em pé". Ele disse que, se os outros decidirem renunciar, "será bom para eles".

Johnson, o irmão mais novo de Boris Johnson, renunciou ao seu cardo na sexta-feira e pediu um segundo referendo sobre o Brexit. Segundo ele, o plano de May prejudicaria o interesse nacional da Grã-Bretanha.

Ele disse que o plano é muito diferente do que foi prometido durante o ano de 2016 durante o referendo e que, por isso, é necessário uma segunda votação.

May tem rejeitado todas as exigências para outra votação, dizendo que a votação de 2016 a favor de deixar a União Europeia é definitiva. Fonte: Associated Press

Matérias Relacionadas

Esportes

Jaraguá do Sul recebe Seleção Brasileira de Vôlei para amistosos

As partidas ocorrerão na próxima semana, dias 19 e 20, na Arena Jaraguá
Jaraguá do Sul recebe Seleção Brasileira de Vôlei para amistosos
Geral

Polícia Federal abre investigação sobre leilão de arroz

Conab também instaurou uma apuração interna
Polícia Federal abre investigação sobre leilão de arroz
Economia

Taxação de importação até US$ 50 e Projeto Mover vão à sanção

PL 914/24 foi aprovado na Câmara por 380 votos contra 26
Taxação de importação até US$ 50 e Projeto Mover vão à sanção
Economia

Governo anula leilão e cancela compra de arroz importado

Secretário pediu demissão após suspeitas de conflito de interesses
Governo anula leilão e cancela compra de arroz importado
Ver mais de Mundo