transito
INTERNACIONAL

EUA declaram apoio à tentativa de Guaidó e militares de derrubar Maduro

30 Abr 2019 - 13h56

O governo dos Estados Unidos demonstrou apoio nesta terça-feira, 30, à tentativa da oposição venezuelana de derrubar o regime do presidente Nicolás Maduro com o auxílio de facções de Forças Armadas que romperam o chavismo.

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Mike Pompeo, expressou o "completo apoio" de seu país ao povo venezuelano "em sua busca pela liberdade e a democracia", depois que o líder opositor Juan Guaidó anunciou a rebelião de um grupo de militares.

"A democracia não pode ser derrotada", afirmou o secretário de Estado, que celebrou o início do que chamou "Operação Liberdade".

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está monitorando a situação , informou a Casa Branca. "O presidente foi informado e estamos monitorando o andamento da situação", disse a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, por e-mail. (Com agências internacionais).

Matérias Relacionadas

Geral

Confira as previsões do horóscopo para hoje

Saiba o que os astros reservam para você no amor, vida profissional e viagens
Confira as previsões do horóscopo para hoje
Geral

Confira as previsões do horóscopo para hoje

Saiba o que os astros reservam para você no amor, vida profissional e viagens
Confira as previsões do horóscopo para hoje
Saúde

Apple Vision Pro é usado em cirurgia ortopédica em Jaraguá do Sul

Confira como foi a cirurgia
Apple Vision Pro é usado em cirurgia ortopédica em Jaraguá do Sul
Esportes

Chapecoense é condenada a pagar pensão até 2049 para família de chefe de segurança morto em acidente

Tribunal Superior do Trabalho determinou ainda que mulher e filhos sejam indenizados em R$ 600 mil. Ex-funcionário estava no voo da delegação do clube que matou 71 pessoas.
Chapecoense é condenada a pagar pensão até 2049 para família de chefe de segurança morto em acidente
Ver mais de Mundo