Joaçaba Pneus
INTERNACIONAL

Donald Trump defende geração de empregos da sua gestão

10 Mar 2019 - 10h55Por Isadora Duarte com informações da Dow Jones Newswires

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a defender a geração de empregos da sua gestão em sua conta oficial do Twitter, na manhã deste domingo (10). "Mais pessoas estão trabalhando hoje nos Estados Unidos, 158.000.000, do que em qualquer outro momento da história do nosso país. Isso é um grande negócio!", disse o presidente, na publicação.

Trump disse ainda que a sua administração conseguiu mais nos dois primeiros anos que qualquer outro governo. "Apesar da mídia mais hostil e corrupta da história da política americana, a administração Trump conseguiu mais nos primeiros dois anos do que qualquer outro governo. Leis, os maiores cortes de impostos e regulamentações. Escolha melhor economia, menor desemprego e muito mais!", afirmou o presidente dos EUA.

A publicação de Trump foi feita em meio a uma série de críticas recebidas pelo seu governo após a divulgação dos dados mensais de geração de empregos. Na última sexta-feira (8), o Departamento do Trabalho divulgou que o país criou 20 mil empregos em fevereiro. O resultado veio bem abaixo da mediana da previsão de analistas consultados pelo Projeções Broadcast, de geração de 185 mil vagas. Já a taxa de desemprego recuou de 4% em janeiro para 3,8% em fevereiro. A previsão era de queda menor da taxa, a 3,9%. (Isadora Duarte com informações da Dow Jones Newswires)

Matérias Relacionadas

Saúde

G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022

Compromisso consta em documento final da reunião de líderes do grupo
G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022
Esportes

Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela

Seleção faz 3 a 0 com gols de Marquinhos, Neymar e Gabriel Barbosa
Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela
Saúde

Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos

Estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela agência
Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos
Esportes

Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote

Texto foi publicado nas redes sociais após vitória contra o Paraguai
Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote
Ver mais de Mundo