Joaçaba Pneus
INTERNACIONAL

Democratas da Itália elegem novo líder na tentativa de revigorar partido

03 Mar 2019 - 22h38

O governador de centro-esquerda da região de Roma Nicola Zingaretti foi escolhido neste domingo para liderar o Partido Democrata da Itália em uma tentativa de reverter queda de popularidade.

O partido disse neste domingo à noite que Nicola Zingaretti, governador de Lazio, obteve entre 65% e 70% dos mais de 1,5 milhão de votos em uma votação primária. O número final ainda não estava disponível.

Zingaretti teve o apoio de vários ex-premiers de centro-esquerda, incluindo
Paolo Gentiloni e Romano Prodi. A partido perdeu o seu poder de cinco anos
De governo em 2018 nas eleições nacionais e sofreu com anos de lutas internas de liderança.

Como novo secretário do partido, Zingaretti terá que elaborar uma estratégia para conquistar de volta eleitores que desertaram para o populista Movimento 5 Estrelas, atualmente o maior partido no Parlamento. Os democratas são atualmente a maior oposição do Parlamento.

Os Democratas esperam capitalizar o fracasso do governo populista em reviver
a economia e a recusa em permitir que os imigrantes resgatados no mar por
grupos desembarquem na Itália. Fonte: Associated Press

Matérias Relacionadas

Saúde

G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022

Compromisso consta em documento final da reunião de líderes do grupo
G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022
Esportes

Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela

Seleção faz 3 a 0 com gols de Marquinhos, Neymar e Gabriel Barbosa
Brasil abre Copa América com boa vitória sobre a Venezuela
Saúde

Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos

Estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela agência
Anvisa autoriza vacina da Pfizer para crianças a partir de 12 anos
Esportes

Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote

Texto foi publicado nas redes sociais após vitória contra o Paraguai
Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote
Ver mais de Mundo