INTERNACIONAL

Congo: eleições presidenciais são adiadas por incêndio em urnas e provocam crise

21 Dez 2018 - 04h30

A Comissão Eleitoral da República Democrática do Congo adiou para o dia 30 as eleições presidenciais marcadas para o domingo. O órgão se declarou "tecnicamente incapaz" de organizar a votação após um incêndio destruir 80% das urnas.

O atual presidente, Joseph Kabila, sucedeu ao pai, Laurent-Désiré Kabila, assassinado em 2001. Em 2016, quando deveriam ocorrer as eleições, Kabila se recusou a deixar o cargo. Desde então, a votação tem sido adiada repetidamente.

A oposição diz que os adiamentos são uma forma de Kabila se manter no poder. Nos últimos dias, milhares foram às ruas protestar.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Matérias Relacionadas

Saúde

Estados Unidos doam 3 milhões de doses da Janssen para o Brasil

Previsão é que lote chegue ao país na sexta-feira
Estados Unidos doam 3 milhões de doses da Janssen para o Brasil
Geral

Bonita por natureza

Assim é a morada do casal de atores Thaila Ayala e Renato Goés: integrada ao verde e com direito a cachoeira natural na área externa, combinação perfeita que inspirou esta curadoria Westwing
Bonita por natureza
Geral

Inverno começa nesta segunda-feira no Hemisfério Sul

Estação se estenderá até 22 de setembro
Inverno começa nesta segunda-feira no Hemisfério Sul
Saúde

G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022

Compromisso consta em documento final da reunião de líderes do grupo
G7 promete doar 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 até 2022
Ver mais de Mundo