INTERNACIONAL

Canadenses são acusados de espionagem na China

05 Mar 2019 - 07h02

Pequim acusou na segunda-feira, 4, o canadense Michael Kovrig, detido na China, de atuar como "espião" e "roubar segredos de Estado" por meio de outro canadense, o empresário Michael Spavor.

Segundo a agência Xinhua, Kovrig, do centro de estudos International Crisis Group, recebia as informações de Spavor, seu principal contato na China.

Os dois canadenses foram detidos depois que o Canadá prendeu, a pedido dos EUA, Meng Wanzhou, diretora financeira da companhia de telecomunicações Huawei. (Com agências)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Dólar fecha praticamente estável a R$ 5,60

Bolsa encerra segunda-feira com pequena alta
Esportes

Flamengo é campeão brasileiro

Rubro-Negro perde de 2 a 1, mas garante oitavo título da história
Flamengo é campeão brasileiro
Economia

Lucro da Weg cresce 48,5% no 4º trimestre, para R$ 742,2 milhões

No ano, o lucro chegou a R$ 2,340 bilhões, avanço de 45% ante o ano anterior
Lucro da Weg cresce 48,5% no 4º trimestre, para R$ 742,2 milhões
Economia

Bolsonaro sanciona projeto que dá autonomia ao Banco Central

Medida prevê mandatos para dirigentes do órgão
Bolsonaro sanciona projeto que dá autonomia ao Banco Central
Ver mais de Mundo