dengue
Mundo

Avião ucraniano cai em Teerã; não há sobreviventes

Das 176 pessoas que estavam no Boeing, 82 eram iranianos e 63 canadenses.

08 Jan 2020 - 10h03Por Agência Brasil

A queda de um avião ucraniano perto da capital do Irã causou a morte de todas as pessoas que seguiam a bordo, de acordo com as autoridades de emergência iranianas. Seriam, pelo menos, 170 pessoas. As primeiras informações indicam problemas mecânicos como causas do acidente.

Pelo menos 170 pessoas, entre passageiros e tripulantes, seguiam a bordo do Boeing 737, que caiu pouco depois de decolar do Aeroporto Internacional Imam Khomeini, em Teerã. O avião tinha como destino a capital ucraniana Kiev.

A Cruz Vermelha iraniana adiantou que não há sobreviventes.

Segundo informação divulgada anteriormente pela televisão estatal iraniana, 180 pessoas seguiam a bordo.

O governo ucraniano já anunciou a criação de um grupo para investigar o acidente.

“O avião caiu cinco minutos depois de decolar, disse o porta-voz da aviação civil Reza Jafarzadeh. “O piloto não teve qualquer contato com a torre de controle e não anunciou qualquer situação de emergência antes do acidente”, acrescentou.

De acordo com Pir Hossein Kulivand, responsável pelos serviços de emergência do país, praticamente todos os ocupantes eram iranianos. Trinta e duas pessoas seriam de outras nacionalidades.

O aparelho da Ukraine International Airlines caiu em área agrícola, a sudoeste de Teerã, onde foi mobilizada uma equipe de investigação.

Um vídeo do acidente circulou na agência de notícias Isna. Mostrava um avião em chamas ainda no ar.

Matérias Relacionadas

Geral

Supermercado cria 'caixa lento' para idosos que gostam de conversar

Ao guardar as compras, eles podem fazer tudo com calma, enquanto tem uma boa conversa com o profissional da empresa
Supermercado cria 'caixa lento' para idosos que gostam de conversar
Geral

Moraes volta a defender regulamentação das redes sociais

Ministro diz que milícias digitais atuam para desacreditar Judiciário
Moraes volta a defender regulamentação das redes sociais
Esportes

Referência do automobilismo, Wilsinho Fittipaldi morre aos 80 anos

Ex-piloto idealizou 1ª equipe brasileira de Fórmula 1 ao lado do irmão
Referência do automobilismo, Wilsinho Fittipaldi morre aos 80 anos
Política

Lunelli diz que viagem aos Emirados Árabes trará resultados positivos para SC

Deputado faz parte da comitiva do governo do Estado responsável pelas negociações com aquela região 
Lunelli diz que viagem aos Emirados Árabes trará resultados positivos para SC
Ver mais de Mundo