Campanha Multivacinação
INTERNACIONAL

Atirador de massacre na Nova Zelândia provavelmente agiu sozinho, diz polícia

16 Mar 2019 - 23h18

O tiroteio em massa de fiéis em mesquitas da Nova Zelândia está sendo considerado um ataque de um lobo solitário, depois que a polícia afirmou que duas pessoas que foram presas após o atentado não estavam envolvidas no crime.

O comissário de polícia da Nova Zelândia, Mike Bush, disse que as autoridades não estão 100% convencidas de que o australiano Brenton Harrison Tarrant - preso após os tiroteios e formalmente acusado de assassinato neste sábado - agiu sozinho. Mas afirmou que a polícia não acredita que um homem e uma mulher também presos na sexta-feira teriam qualquer envolvimento com o massacre.

O número de mortos no ataque subiu para 50, depois que a polícia encontrou mais corpo enquanto analisava as cenas do crime. Outras 36 vítimas estão hospitalizadas, duas delas estão em estado crítico.
Fonte: Dow Jones Newswires e Associated Press

Matérias Relacionadas

Esportes

Começa a venda de ingressos para Brasil x México

Desde às 10h desta segunda-feira, os interessados podem comprar via internet ou na bilheteria da Arena Jaraguá
Começa a venda de ingressos para Brasil x México
Economia

Jaraguá bate recorde histórico em exportação

Foram US$ 97,9 milhões exportados no mês passado. Principais responsáveis pelas exportações são os motores elétricos
Jaraguá bate recorde histórico em exportação
Esportes

Primeiro lote de ingressos para Brasil x México será liberado segunda-feira

Confronto válido pela abertura da segunda fase entre Brasil e México ocorre no dia 29; valores variam de R$ 30,00 a R$ 100,00
Primeiro lote de ingressos para Brasil x México será liberado segunda-feira
Política

Maioria do STF vota a favor de reajuste de 18% para o Judiciário

Salário de ministro passa de R$ 39,6 mil para R$ 46,3 mil
Maioria do STF vota a favor de reajuste de 18% para o Judiciário
Ver mais de Mundo