terça, 22 de janeiro de 2019 - 13h10
(47) 3271-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Brasília

MP denuncia presidente da OAB em Brasília por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

16 Mai 2018 - 11h20

O Ministério Público Federal denunciou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal, Juliano Costa Couto, pela participação em esquema de corrupção para o vazamento de informações do MP em benefício do grupo J&F. Ele foi acusado de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Amauri Multimarcas




Em defesa, Juliano Costa Couto disse que nunca foi contratado para atuar em nenhuma operação ou interesse do grupo J&F e que não cometeu nenhuma ilegalidade. O advogado dele, Willer Tomaz, afirmou que vai provar o "equívoco e a parcialidade" do Ministério Público e disse confiar na Justiça.




 

Outros alvos



 



Também foram denunciados por crimes como corrupção, lavagem de dinheiro, embaraço a investigações e violação de sigilo funcional os executivos da J&F Joesley Batista e Francisco de Assis, o publicitário André Gustavo Vieira, o procurador Ângelo Goular Vilella e o advogado Willer Tomaz.

Odontocop