quarta, 19 de dezembro de 2018 - 11h17
infarto

Especialista comenta sobre o infarto e medidas de prevenção

14 Nov 2017 - 14h17

Conforme o cirurgião cardíaco, Thales Bággio, atualmente, o estilo de vida das pessoas pode aumentar o risco de problemas cardíacos, principalmente nos mais novos. Ele explica sobre o infarto. [jwplayer mediaid="349303"]

Não existe uma regra para a forma como os sinais do infarto dão as caras. Eles podem tanto se manifestar todos juntos como surgir separadamente. Isso quer dizer que a dor no peito, por exemplo, pode tanto vir acompanhada de suor frio ou vômito como aparecer sozinha. [jwplayer mediaid="349302"]

O cirurgião cardíaco orienta sobre como agir no caso de um infarto. [jwplayer mediaid="349301"]


São diversos os fatores que podem levar uma pessoa a ter um infarto, sendo que boa parte deles estão diretamente ligados à qualidade de vida e os cuidados com a própria saúde. Entre as principais causas estão a hereditariedade, o consumo de cigarro, a hipertensão, o estresse, a obesidade, o diabetes e também o colesterol elevado. Os especialistas recomendam para todas as pessoas uma alimentação mais saudável e balanceada, aliada a atividades físicas regulares e uma visita anual à um médico para a realização de exames. Isso deve ser levado ainda mais em conta se o indivíduo possui casos de problemas cardíacos na família, o que pode aumentar os riscos de um infarto em jovens.  Além disso, é recomendado ainda garantir boas noites de sono, evitar o máximo possível situações – ou períodos – de estresse e tensão, além de procurar desenvolver alguma atividade que possa ser uma ‘válvula de escape’. Desta forma é possível diminuir os riscos de ter um infarto.

Odontocap