sábado, 16 de fevereiro de 2019 - 14h06
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Greve dos bancários

Bancários entram em greve a partir de hoje na região

06 Out 2015 - 10h50

A confirmação é do representante do Sindicato dos Bancários, Odilon Fernandes. De acordo com ele, a decisão ocorreu ainda na semana passada, depois que os funcionários rejeitaram a proposta da Federação Nacional dos Bancos. A greve é por tempo indeterminado e os clientes poderão continuar usando os caixas eletrônicos e os serviços dos bancos pela Internet. Aposentados e pensionistas devem procurar os caixas eletrônicos para os serviços.

Amauri Multimarcas


De acordo com Odilon Fernandes, a greve terá a adesão de Itaú, Bradesco, HSBC, Santader e de parte do Banco do Brasil. Não está descartada a adesão pelos funcionários da Caixa Econômica Federal e de outras agências privadas. Os bancários querem aumento real nos salários, participação nos lucros, piso salarial e vales, além de melhorias nas condições de trabalho. Outra reivindicação é o fim das metas abusivas, da sobrecarga de trabalho, abertura de mais vagas, segurança e igualdade de oportunidades na ascensão.Os bancários argumentam que, enquanto a indústria encolheu 6% nos primeiros seis meses deste ano, o lucro dos bancos cresceu 40%, passando dos R$ 36 bilhões.
A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) lembra que a população tem à disposição caixas eletrônicos, internet banking, aplicativos do banco no celular, operações bancárias por telefone e também pelos correspondentes (agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais) como alternativas para fazer transações financeiras. Nos caixas eletrônicos, os saques noturnos são limitados a R$ 300,00 e o valor para saque diurno varia conforme a instituição.

Quem tem benefícios para serem sacados, segundo a Fenaban, pode fazer saques por meio da rede de caixas eletrônicos 24 horas e caixas eletrônicos dos bancos.

Rogério Tallini

Odontocop