Séculus
Caso Emili

Site americano afirma que menina encontrada morta nos EUA não é Emili

18 Set 2015 - 18h53

Conforme a reportagem, a menina se chamava Bella e teria aproximadamente três anos. Apesar de a Polícia Norte Americana não ter confirmado a informação, a reportagem afirma ainda, que pelo menos duas pessoas estão sendo interrogadas devido ao caso.


A delegada Milena de Fátima Rosa, responsável pela investigação sobre o desaparecimento da menina Emili, afirmou à Rádio Jaraguá, que a polícia brasileira não foi comunicada do fato. Ela ressaltou ainda, que está no aguardo do laudo que comparou o DNA da mãe de Emili Miranda Anacleto com o da menina encontrada morta nos Estados Unidos. Ainda conforme a delegada, a expectativa era de que o resultado fosse divulgado em no máximo 45 dias, porém, o prazo já terminou e ainda não há informação sobre a divulgação.


GNet

Matérias Relacionadas

Economia

Empresário Vicente Donini recebe Ordem do Mérito da Indústria na sexta-feira

A distinção é concedida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com indicação da FIESC
Empresário Vicente Donini recebe Ordem do Mérito da Indústria na sexta-feira
Saúde

Região receberá novas doses da vacina contra a covid-19

Serão distribuídas 3.042 doses destinadas à vacinação dos adolescentes e 516 dose de reforço em trabalhadores da saúde.  
Região receberá novas doses da vacina contra a covid-19
Segurança

Homem é preso por tráfico durante ocorrência de violência doméstica em Jaraguá

Durante a ocorrência foi encontrado com o homem um cigarro de maconha e na casa foi encontrada mais drogas.
Homem é preso por tráfico durante ocorrência de violência doméstica em Jaraguá
Saúde

Exposição Interativa Saúde Bucal e Nutrição começa nesta quarta em Jaraguá

A exposição poderá ser visitada das 13h às 19h e tem entrada gratuita
Exposição Interativa Saúde Bucal e Nutrição começa nesta quarta em Jaraguá
Ver mais de Jaraguá do Sul