Caraguá
Caso Emili

Retrato falado de Emili deve ser divulgado em breve

20 Set 2016 - 11h55
Retrato falado de Emili deve ser divulgado em breve -

A informação foi dada pela delegada Milena de Fátima Rosa à reportagem da Rádio Jaraguá na tarde desta segunda-feira (19).

A ideia é divulgar a imagem, feita no computador e com alto grau de similaridade, de como Emili estaria hoje, com pouco mais de quatro anos.


Na próxima quarta-feira completa dois anos e quatro meses do desaparecimento da menina, na época com dois anos.

Ela foi vista pela última vez no dia 21 de maio de 2014, quando saiu da casa da mãe, Josenilda Miranda, levada pelo pai, Alexandre Anacleto. Ele foi encontrado morto um dia depois, carbonizado dentro de um carro na praia de Itajuba, em Barra Velha. No local do crime não havia sinais da menina. Em junho daquele ano, dois adolescentes, de 13 e 15 anos assumiram ter ateado fogo no carro em que Anacleto foi encontrado. Os jovens afirmaram que Anacleto já estava morto, após mexer nos pertences da vítima, atearam fogo no carro para não deixar pistas.


Nestes dois anos, a polícia ouviu mais de 20 pessoas sobre o desaparecimento de Emili e a morte de Alexandre, além de ter cumprido mais de dez mandados de busca e apreensão.

Matérias Relacionadas

Saúde

Região de Jaraguá sai do risco gravíssimo para covid-19

Apenas uma região do estado está em nível grave e outras em alto e moderado
Região de Jaraguá sai do risco gravíssimo para covid-19
Segurança

Mulher esconde 55 pedras de crack no sutiã em Jaraguá

Caso foi registrado no bairro Água Verde
Mulher esconde 55 pedras de crack no sutiã em Jaraguá
Segurança

Homem é autuado por perturbação no bairro Jaraguá 99

O fato ocorreu por volta 8h30 de sábado
Homem é autuado por perturbação no bairro Jaraguá 99
Segurança

Jovem com mandado de prisão aberto é preso em Jaraguá

O fato ocorreu por volta da 1h na rua Octaviano Lombardi, centro da cidade
Jovem com mandado de prisão aberto é preso em Jaraguá
Ver mais de Jaraguá do Sul