CMJS - Agosto
acidente de trânsito

Quatro motoristas são presos por embriaguez ao volante no fim de semana

27 Jun 2016 - 16h09
Uma jovem que dirigia um Fiat Uno dormiu ao volante, depois de bater o carro, em frente ao Posto Mime da rua Epitácio Pessoa, no Centro de Jaraguá do Sul. O fato ocorreu às 5h de domingo (26), quando testemunhas ligaram para a Central Regional de Emergências (190) informando do acidente. Ao chegarem no local da ocorrência, os policiais se depararam com a motorista de 20 anos dormindo dentro do carro. No banco de trás, estava uma mulher de 24 anos, bastante alterada, que xingou os policiais com palavras de baixo calão. A motorista do Uno placas MJT-2955 acordou e apresenta sinais de embriaguez, mas se recusou fazer o teste de alcoolemia. As duas foram presas e, no caminho para a delegacia de polícia, a caroneira tentou agredir os policiais com chutes e, na entrega à Civil, desferiu vários chutes contra os PMs que usaram técnicas de imobilização para conter a mulher.

Outro caso de embriaguez ao volante ocorreu às 16h10 de domingo (26), no Loteamento Harmonia, no bairro Três Rios do Norte. Um motorista bateu contra o muro de uma casa. Ele recusou o teste de bafômetro, mas foi preso.

Na Estrada Paulo Voltolini, em Nereu Ramos, ocorreu um acompanhamento a um veículo em atitude suspeita, às 3h40. Num determinado local da rua, na altura do número 858, o motorista parou o carro e pulou o muro de uma residência. Os policiais também entraram e fizeram o cerco na casa, abordando o homem de 34 anos, que estava bastante alterado e teve de ser contido com técnicas de imobilização. Após identificação, o homem de 34 anos confessou ter ingerido bebida alcoolica e aceitou fazer o teste de bafômetro que acusou 0,83 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Ele foi preso.

Já na tarde de sábado (25), às 13h30, na rua Águas Claras, ocorreu acidente de trânsito com pessoa embriagada. O motorista de um VW Gol, foi detido e aceitou fazer o teste, que acusou embriaguez, com 0,91 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, caracterizando o crime de trânsito.