Jaraguá do Sul

Mesmo com pandemia, número de abertura de empresas neste ano ultrapassou 2019

Em 2020 esse saldo já é de + 1.721 empresas

18 Dez 2020 - 13h30Por Gustavo Henrique Reif
Mesmo com pandemia, número de abertura de empresas neste ano ultrapassou 2019 - Crédito: Divulgação / PMJS Crédito: Divulgação / PMJS

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico comemora o saldo positivo de abertura de empresas em Jaraguá do Sul neste ano de pandemia. Comparado com 2019, o número de baixas (empresas que fecharam) passou de 1,1 mil para aproximadamente 800 baixas em 2020. O saldo em 2019, entre baixas e aberturas, era de + 1.408 empresas. Em 2020 esse saldo já é de + 1.721 empresas. A secretaria aponta a desburocratização como um grande facilitador do empreendedorismo na cidade.

O secretário de Desenvolvimento Econômico Neivor Bussolaro cita que não escuta mais dos empreendedores a reclamação de que, nos municípios vizinhos, é mais fácil empreender. “Hoje estamos cumprindo com nosso compromisso, que é o de facilitar a vida de quem quer empreender em Jaraguá do Sul. Prova disso é o destaque estadual que Jaraguá tem tido como exemplo de agilidade para quem quer empreender, citado, inclusive pela Junta Comercial do Estado de Santa Catarina (Jucesc)”, destaca Bussolaro.

O grupo de trabalho Pró-Empresa foi uma das chaves da desburocratização nos processos da prefeitura, como liberação de alvarás, consultas e cadastros. Formado por dez membros de sete secretarias municipais, o grupo uniu todos os envolvidos no propósito de facilitar a vida de quem quer empreender. Uma das ações do grupo esse ano foi elaborar e aprovar a redação do Decreto Municipal nº 13.708/2020, que regulamenta a Lei da Liberdade Econômica. Ou seja, tirou da obrigação de alvarás empresas consideradas de baixo risco. “Com as várias ações tomadas, tivemos só na Central do Empreendedor uma média de 1,4 mil atendimentos mensais – tanto por telefone (2106-8019), e-mail ou presencial. Temos atualmente cerca de 18 mil empresas ativas em Jaraguá. Com certeza essa curva seria descendente se não tivéssemos tomado medidas para facilitar a abertura de empresas, levando em conta a atual situação econômica do País. Teríamos um resultado pior que 2019”, avalia o diretor de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Amadio.

Confira alguns resultados da desburocratização no município:

Para abrir empresa de baixo risco (sem ser da área da saúde ou da alimentação)

2016
- 9 documentos necessários
- média de 20 dias para ter o CNPJ
- precisava de alvará

2020
- 2 documentos necessários
- média de 1 dia para ter o CNPJ
- não precisa de alvará
 

Matérias Relacionadas

Economia

Passagem de ônibus ficará mais barata em Jaraguá a partir de quarta

Confira os novos valores
Passagem de ônibus ficará mais barata em Jaraguá a partir de quarta
Saúde

Região de Jaraguá segue em risco gravíssimo para a covid-19

As regiões que estão classificadas com o maior risco são Alto Vale do Rio do Peixe, Foz do Rio Itajaí, Médio Vale do Itajaí e a região Nordeste.
Região de Jaraguá segue em risco gravíssimo para a covid-19
Segurança

PM flagra duas pessoas não habilitadas dirigindo em Jaraguá e Guaramirim 

Casos ocorreram na tarde deste domingo (1º)
PM flagra duas pessoas não habilitadas dirigindo em Jaraguá e Guaramirim 
Segurança

Homem é agredido após discussão no trabalho em Jaraguá

Fato ocorreu na rua Bertha Weege, na Barra do Rio Cerro
Homem é agredido após discussão no trabalho em Jaraguá
Ver mais de Jaraguá do Sul