Schützenfest

Mesa-redonda discute aos rumos da Schützenfest

29 Jun 2016 - 14h19
Mesa-redonda discute aos rumos da Schützenfest -

A previsão orçamentária para a próxima edição da festa é de R$ 855 mil, mas há esforços para mais recursos através da Lei Rouanet e convênios com o governo de Estado. Este foi o segundo evento desta natureza sobre a “festa dos atiradores” que ocorre, neste ano, de 10 a 20 de novembro. A ideia é envolver a comunidade, a exemplo do que ocorreu em 2015, quando, em 31 de março, outra mesa-redonda discutiu o futuro da Schützenfest. O presidente da Fundação Cultural de Jaraguá do Sul, Sidnei Marcelo Lopes, avalia o encontro positivamente, já que é nesta ocasião que se recebe a aprovação da comunidade sobre os acertos da festa. “Desta forma a CCO segue embasada para a realização de ações. Trata-se de um canal direto com os frequentadores, num debate maduro que frutifica em sugestões tangíveis e preocupadas com a preservação da tradição”, avalia. A intenção da CCO é transformar o conteúdo destas discussões e sugestões em documento, dando um rumo até mesmo para os futuros organizadores da festa, respeitando-se, sempre, o seu cerne e identidade

Os temas centrais da discussão, ontem, giraram em torno das bandas, que a exemplo da festa passada, terá a qualidade mantida, contando-se com a participação dos melhores grupos típicos do Sul do Brasil. As cervejas oficiais serão Heineken e Germânia; as artesanais locais, Karsten, Konigs e Maestro, seguindo a concorrência do ano passado, com vigência bianual.

Com base na mesa-redonda do ano passado foram tomadas decisões importantes e polêmicas, como a transferência da festa, que tradicionalmente ocorria em outubro, para novembro, além do incremento da gastronomia, motivos de muitos elogios à organização. A 27ª edição, de 12 a 22 de novembro, apresentou, segundo relatório geral, receita de R$ 1.381.337,66, com despesas somadas em R$ 1.138.828,26, sendo o superávit de R$ 242.509,40. O público contabilizado foi de 70.924 visitantes; 7,7 mil pessoas prestigiaram os dois desfiles; 200 participantes do tiro imprensa; 400 no Sons e Sabores, além de 700 pessoas no Schützenbaum, totalizando em 79.924 o público da Schützenfest. Na época, calculou-se em 4.938 os pratos típicos comercializados, o consumo de 96 mil copos de chope e 45.278 lanches.

Matérias Relacionadas

Educação

Conselho Consultivo debate avanços na educação municipal de Jaraguá do Sul

A estimativa do secretário Rogério Jung é de que em cinco ou seis anos o papel seja abolido das salas de aula
Conselho Consultivo debate avanços na educação municipal de Jaraguá do Sul
Jaraguá do Sul

Primavera começa na segunda-feira: convite para apreciar a natureza

Depois de retirar algumas plantas que traziam risco, a Prefeitura de Jaraguá do Sul iniciou uma ampla ação de reflorestamento
Primavera começa na segunda-feira: convite para apreciar a natureza
Geral

SINE divulga vagas de emprego disponíveis em Jaraguá do Sul

Interessados devem comparecer à agência Sine em Jaraguá do Sul, no piso térreo da Rodoviária
SINE divulga vagas de emprego disponíveis em Jaraguá do Sul
Segurança

Bombeiros Voluntários da região atendem duas quedas de moto

O primeiro acidente aconteceu por volta das 11h30, na rua 28 de Agosto, no Centro de Guaramirim
Bombeiros Voluntários da região atendem duas quedas de moto
Ver mais de Jaraguá do Sul