terça, 25 de junho de 2019 - 10h37
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Schützenfest

Mesa-redonda discute aos rumos da Schützenfest

29 Jun 2016 - 14h19
Mesa-redonda discute aos rumos da Schützenfest -

A previsão orçamentária para a próxima edição da festa é de R$ 855 mil, mas há esforços para mais recursos através da Lei Rouanet e convênios com o governo de Estado. Este foi o segundo evento desta natureza sobre a “festa dos atiradores” que ocorre, neste ano, de 10 a 20 de novembro. A ideia é envolver a comunidade, a exemplo do que ocorreu em 2015, quando, em 31 de março, outra mesa-redonda discutiu o futuro da Schützenfest. O presidente da Fundação Cultural de Jaraguá do Sul, Sidnei Marcelo Lopes, avalia o encontro positivamente, já que é nesta ocasião que se recebe a aprovação da comunidade sobre os acertos da festa. “Desta forma a CCO segue embasada para a realização de ações. Trata-se de um canal direto com os frequentadores, num debate maduro que frutifica em sugestões tangíveis e preocupadas com a preservação da tradição”, avalia. A intenção da CCO é transformar o conteúdo destas discussões e sugestões em documento, dando um rumo até mesmo para os futuros organizadores da festa, respeitando-se, sempre, o seu cerne e identidade

Os temas centrais da discussão, ontem, giraram em torno das bandas, que a exemplo da festa passada, terá a qualidade mantida, contando-se com a participação dos melhores grupos típicos do Sul do Brasil. As cervejas oficiais serão Heineken e Germânia; as artesanais locais, Karsten, Konigs e Maestro, seguindo a concorrência do ano passado, com vigência bianual.

Com base na mesa-redonda do ano passado foram tomadas decisões importantes e polêmicas, como a transferência da festa, que tradicionalmente ocorria em outubro, para novembro, além do incremento da gastronomia, motivos de muitos elogios à organização. A 27ª edição, de 12 a 22 de novembro, apresentou, segundo relatório geral, receita de R$ 1.381.337,66, com despesas somadas em R$ 1.138.828,26, sendo o superávit de R$ 242.509,40. O público contabilizado foi de 70.924 visitantes; 7,7 mil pessoas prestigiaram os dois desfiles; 200 participantes do tiro imprensa; 400 no Sons e Sabores, além de 700 pessoas no Schützenbaum, totalizando em 79.924 o público da Schützenfest. Na época, calculou-se em 4.938 os pratos típicos comercializados, o consumo de 96 mil copos de chope e 45.278 lanches.

CMJS - Maio