Imobiliária Coralli
Juventus

Juventus pode parar o Catarinense Série B

06 Nov 2016 - 16h09
Juventus pode parar o Catarinense Série B  -
Na tarde desta sexta-feira (05), Juventus deu entrada no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de Santa Catarina com uma notícia de infração alegando que o time de Itajaí atuou de forma irregular no certame. Na ação, o pedido é para excluir o Barroso do Campeonato. “Pelo CNPJ, o clube registrado na Segunda Divisão do Estadual é o Navegantes. Mas o nome fantasia é o Barroso e na prática quem joga é a mesma equipe”, explica o advogado do time de Jaraguá do Sul, Felipe Tobar, que representa o escritório Pugliese e Gomes, de Joinville.

 

Segundo ele, o Navegantes está irregular na Federação Catarinense de Futebol desde 2014 e não poderia disputar competições oficiais. “O clube sofreu uma punição de dois anos de punição e só poderia voltar a atuar em campeonatos da Federação em 2017 e na Série C. Mas isso não foi respeitado. No ano passado o time jogou a Série C de 2015 como Nec Litoral e nesta temporada como Barroso. Porém o que mudou foram os nomes fantasias, porque o cadastro na Federação continua Navegantes”, esclarece.

 

Tobar relata que são mais de onze artigos infringidos. “Foi um trabalho complexo que levamos quase duas semanas para concluir. São quase 30 páginas e em torno de 20 documentos anexados que munimos para convencer a procuradoria denunciar essa equipe. Pedimos a perda de todos os pontos conquistados na Série B desse ano e a exclusão do time no campeonato, o que resultaria no rebaixamento do time”, disse.

 

Para a ação ter validade, o procurador geral do TJD precisa aceitar a ação e, convencido de que há irregularidade, denuncie. “Já comuniquei o procurador e ele aceitou nossa notícia de infração. Agora é esperar o Tribunal realizar o julgamento em primeiro grau em uma das comissões disciplinares”, relata. Após o julgamento e se houver recurso de uma das partes, o caso vai ao pleno do TJD, em Balneário Camboriú, e no caso de um segundo recurso o caso será analisado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, em um prazo de 60 dias de julgamento.

 

 

Presidente do Juve quer moralização

 

No comando da diretoria do Juventus desde o início desta temporada, o presidente Sergio Meldola explica que o objetivo desta ação é moralizar o futebol e os clubes que fazem parte da Federação. “Não entramos com essa ‘notícia de infração’ no TJD apenas pensando na vaga na elite de 2017. É difícil fazer futebol e lutamos pelo que é certo. Queremos que os dirigentes que fazem um trabalho correto no futebol do Estado não sejam punidos por aqueles que fazem a coisa errada”, revela. “Vamos aguardar o transcorrer deste caso e esperamos que o certo seja valorizado ao final”, disse o dirigente.

 

 

Como tudo começou?

 

Em janeiro, o Sport Club Litoral e Clube Náutico Almirante Barroso oficializaram uma parceria de 10 anos. A partir deste ano a sede do Barroso, no Centro de Itajaí, passará a ser a casa do Litoral. A conquista da vaga na Segundona pelo Litoral — após a desistência do Atlético de Ibirama da Série A — aliada ao desejo do Clube Barroso de retomar as atividades do futebol profissional após 45 anos deram início as conversas entre os dois clubes. Na época, o presidente do Litoral, Adriano Cipriano, explica que o projeto da parceria levou cinco meses de planejamento.

 



Adriano Cipriano e Helio Orsi durante a oficialização da parceria, em janeiro (Lucas Correia/Agência RBS )

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá confirma mais 49 casos de Covid-19

De acordo com a Prefeitura, 261 pessoas seguem em tratamento no município
Jaraguá confirma mais 49 casos de Covid-19
Geral

Confira o regramento para limpeza nos cemitérios municipais de Jaraguá

Na próxima segunda-feira, dia 2 de novembro, é celebrado o Dia de Finados, data reservada para momentos de oração aos entes que já faleceram.
Confira o regramento para limpeza nos cemitérios municipais de Jaraguá
Educação

Escolas municipais de Jaraguá recebem alunos com dificuldades no ensino remoto

Os demais estudantes continuam com o ensino a distância
Escolas municipais de Jaraguá recebem alunos com dificuldades no ensino remoto
Segurança

Polícia Civil deflagra operação "Pombo de Ouro" por suspeita de fraude em licitação em São Francisco do Sul

Mandados foram cumpridos em Jaraguá do Sul, Guaramirim e Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.
Polícia Civil deflagra operação "Pombo de Ouro" por suspeita de fraude em licitação em São Francisco do Sul
Ver mais de Jaraguá do Sul