Imobiliária Coralli
Afogamento

Corpo de sergipano afogado permanece no IGP

23 Set 2016 - 09h51
Ele é natural da cidade de Lagarto (Sergipe) e estavam em Jaraguá há algum tempo, tendo trabalhado como auxiliar de serviços gerais numa empresa de carrocerias daquela região. Segundo informou uma conhecida da vítima, ele e um amigo se abrigavam numa casa abandonado na rua João Januário Ayroso, a cerca de 150 metros do local onde o corpo foi encontrado.

Agentes de Perícias do IGL identificaram o corpo na quarta-feira, depois de receber os documentos que estavam com um conhecido. Antes disso, peritos estiveram durante o dia na casa abandonada na tentativa de encontrar algo que pudesse levar à identificação.

Os documentos serviram para confrontar as impressões digitais da carteira de identidade com a coletada após o recolhimento do corpo, que já estava em estado de composição.

Segundo uma conhecida de João Lúcio, o homem bebia e, por vezes, ela presenciou ele e o amigo brigando embriagados num imóvel em que residiam. A mesma mulher informou que João teria uma filha de 11 anos em Sergipe e um irmã que mora na cidade de Criciúma, no Sul do Estado. A causa da morte foi afogamento, segundo o médico que fez a necropsia.

Matérias Relacionadas

Trânsito

Menino de cinco anos é atropelado por caminhão na Walter Marquardt

O acidente ocorreu por volta das 10h30 desta terça-feira (20).
Menino de cinco anos é atropelado por caminhão na Walter Marquardt
Saúde

Campanha de multivacinação continua com baixa procura em Jaraguá

A Campanha de Poliomielite e Multivacinação, destinada para menores de 15 anos, começou no dia 5 e vai até 30 de outubro, sexta-feira da semana que vem
Campanha de multivacinação continua com baixa procura em Jaraguá
Geral

Bombeiros de Jaraguá e Corupá apagam fogo em vegetação na BR 280

Ocorrência foi registrada às 2h15 desta terça-feira (20)
Segurança

Em menos de duas horas, Polícia registra três ocorrências de posse de drogas no Rau

Ver mais de Jaraguá do Sul