Jaraguá do Sul

Assistência Social inicia nova fase de campanha

Observa-se, nos últimos anos, um crescimento no número de pessoas em situação de rua em Jaraguá do Sul

18 Dez 2020 - 15h33Por Gustavo Henrique Reif
Assistência Social inicia nova fase de campanha - Crédito: Divulgação / PMJS Crédito: Divulgação / PMJS

A Secretaria de Assistência Social e Habitação, por meio do Serviço Especializado em Abordagem Social, reforça, nos próximos dias, mais uma etapa da campanha “A ajuda de verdade não está nas ruas”. O objetivo é o mesmo da  primeira fase, lançada em fevereiro: conscientizar os munícipes sobre o trabalho da abordagem social e que o ato de dar esmola, alimentos e afins, dificulta as ações da equipe e a reinserção familiar e comunitária da pessoa em situação de rua. O investimento é da ordem de R$ 22.278,75.

Peças publicitárias deixam claros quais canais devem ser acionados e que a ajuda momentânea tira das pessoas em vulnerabilidade social o acesso aos vários programas desenvolvidos pela secretaria.  Quando são  adolescentes ou crianças, que também podem ser vítimas de trabalho infantil e exploração sexual, o telefone é o do Conselho Tutelar (0800-6420122/988705577). Quando tratar-se de adultos, o contato é o do Serviço de Abordagem Social, pelos fones 3725-8750 e/ou 999301247.

A secretaria busca formas de restabelecimento do vínculo familiar, encaminhamento à rede de serviços socioassistenciais, instituições de saúde, reinserção no mercado de trabalho e, se for o caso, conduz à Casa de Passagem*, um serviço da Alta Complexidade da Assistência Social. 

De acordo com a gerente de Proteção Especial de Média Complexidade, Marinez Borck Larroza, muitas pessoas foram tiradas da rua e de todas as problemáticas que a situação envolve mediante o acompanhamento da secretaria. “O ato de dar dinheiro representa uma ajuda momentânea, mas dificulta o trabalho das equipes técnicas da secretaria”, explica. 

A campanha, segundo o secretário de Assistência Social, André de Carvalho Ferreira, objetiva informar a população sobre o trabalho desenvolvido pela abordagem social, destinado para a população em situação de rua. “O atendimento especializado visa proporcionar os melhores encaminhamentos possíveis a estas pessoas em nosso município”, explica.

 Observa-se, nos últimos anos, um crescimento no número de pessoas em situação de rua em Jaraguá do Sul. Em 2013, foram registradas 17 ocorrências. Em 2018, 248 pessoas e, em 2019, 656. O número de abordagens da equipe técnica também saltou de 318 em 2018 para 1.450 em 2019. Dos índices do ano passado, 12% eram mulheres; 1,9% ciganos; 14% indígenas e 4,7% estrangeiros. Destes, a maioria haitianos (50%) e uruguaios (40%). 

Em novembro de 2020, 57 pessoas foram abordadas pela equipe do Serviço Especializado em Abordagem Social, totalizando 155 abordagens sociais. Destas 5% eram mulheres, 1,75% imigrantes (venezuelano), 19% trecheiros, 14% migrantes e 38% pessoas naturais do município. De janeiro até 30 de novembro, foram realizadas 1.496 abordagens a 591 pessoas em situação de rua. Ainda com relação às 57 abordagens de novembro, 25 delas informaram estar nesta situação há menos de um ano; 18 disseram estar na rua entre 1 a 5 anos e 12 há mais de cinco anos. Das abordagens do mês passado, 11 ocorreram na Vila Baependi, sete no centro e cinco na Vila Lenzi.

 *Mais sobre a Casa de Passagem - O equipamento público oferece serviço de acolhimento emergencial e provisório para adultos sem  abrigo por abandono, migração e ausência de residência ou, ainda, para pessoas em trânsito e sem condições de autossustento. O período de acolhimento depende da avaliação da equipe técnica do serviço, que é formada por um psicólogo e uma assistente social.  Em 2019, estiveram na Casa de Passagem 868 pessoas em situação de rua. Destas, 483 foram acolhidas, demandando mais de dois mil atendimentos técnicos. Neste ano, até 30 de novembro, 794 pessoas foram atendidas, sendo 519 o número de acolhimentos e quase 2.150 atendimentos técnicos.

Matérias Relacionadas

Segurança

Foragido é recapturado durante blitz em Jaraguá do Sul

Fato ocorreu na tarde desta quarta-feira (4)
Foragido é recapturado durante blitz em Jaraguá do Sul
Geral

Criminosos usam grupos de WhatsApp da Rádio Jaraguá para aplicar golpe

A Rádio Jaraguá reforça que não solicita código de acesso para entrar nos grupos, nem confirmação de e-mail, nem SMS ou algo do tipo.
Criminosos usam grupos de WhatsApp da Rádio Jaraguá para aplicar golpe
Saúde

Por falta de vacinas, Jaraguá suspende aplicação da primeira dose contra a covid-19

A aplicação da segunda dose (D2) segue normal.
Por falta de vacinas, Jaraguá suspende aplicação da primeira dose contra a covid-19
Saúde

Jaraguá bate recorde de vacinação contra a covid com duas mil doses aplicadas em um dia

Segundo o Painel Covid, 81 mil pessoas já receberam a primeira dose, 28 mil a segunda e 6 mil pessoas tomaram a dose única
Jaraguá bate recorde de vacinação contra a covid com duas mil doses aplicadas em um dia
Ver mais de Jaraguá do Sul