Zoonoses

Zoonoses monitora macaco ferido no Rio da Luz

18 Out 2016 - 12h46

Conforme relatou o morador, vários órgãos ambientais foram acionados para socorrer o animal, que foi atropelado e que está em uma árvore próximo a um condomínio residencial, no entanto, ele afirma que não obteve sucesso, uma vez que, o macaco permanece no local.


Em contato com o Programa de Controle de Zoonoses da Prefeitura, através do coordenador Augusto Poffo, fomos informados de que a situação já é de conhecimento do setor e que, inclusive, veterinários da Prefeitura já estiveram no local. Conforme Poffo, por ser um animal silvestre e protegido por lei, ele não pode ser retirado local nestas condições. Poffo ressaltou ainda, que além dos ferimentos causados pelo atropelamento, o macaco pode estar com outras doenças, infeciosas por exemplo. Por isso, o animal está sendo monitorado pelos profissionais do setor.

Matérias Relacionadas

Geral

Região de Jaraguá do Sul ainda tem 1,5 mil unidades sem energia elétrica

Em nota divulgada na noite de domingo (5), a Celesc informou que restabeleceu 98% do sistema elétrico de Santa Catarina, após a passagem do “ciclone bomba”, na última terça-feira.
Região de Jaraguá do Sul ainda tem 1,5 mil unidades sem energia elétrica
Geral

Começam hoje os serviços de recuperação dos pontos críticos na Serra do Rio do Rastro

O prazo previsto para conclusão da obra é maio de 2021
Começam hoje os serviços de recuperação dos pontos críticos na Serra do Rio do Rastro
Geral

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 33 milhões

A quina teve 75 apostas vencedoras cada uma receberá R$ 36.939,97
Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 33 milhões
Economia

IBGE mostra 83,5 milhões de ocupados na segunda semana de junho

Resultado aponta estabilidade ante a semana anterior
IBGE mostra 83,5 milhões de ocupados na segunda semana de junho
Ver mais de Geral