Geral

[VÍDEO] SAMAE diz que produto que volta para o rio Itapocu não é poluente

A saída é no Parque Via Verde e como o local passou a ser frequentado por dezenas de pessoas aos finais de semana, também aumentaram os questionamentos sobre o procedimento

30 Set 2019 - 14h45Por Sérgio Luiz
[VÍDEO] SAMAE diz que produto que volta para o rio Itapocu não é poluente - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Um procedimento rotineiro adotado pelo SAMAE, começou a chamar a atenção. Trata-se da descarga de efluentes da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), do Ilha da Figueira, nas águas do Rio Itapocu. A saída é no Parque Via Verde e como o local passou a ser frequentado por dezenas de pessoas aos finais de semana, também aumentaram os questionamentos sobre o procedimento. Um vídeo gravado no último domingo (29), mostra a coloração escura e a espuma formada na saída da rede. Em resposta o SAMAE assegura que a água devolvida ao rio não é poluente. A autarquia já havia sido questionada pela Fujama (Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente), sobre um plano de ação para mitigar (diminuir) os apontamentos sobre a ETE FIGUEIRA. 

NOTA DE ESCLARECIMENTO – ETE FIGUEIRA 

Tendo em vista a circulação nas redes sociais de mais um vídeo mostrando a saída de efluentes da Estação de Tratamento de Esgoto da Ilha da Figueira (ETE Figueira), o Samae de Jaraguá do Sul esclarece que: 

- A ETE Figueira opera neste local há quase 20 anos; 

- O fluxo de tratamento de esgoto na ETE é continuo, assim como o lançamento dos efluentes no Rio Itapocu; 

- Os efluentes que são lançados no rio são tratados, têm características adequadas às exigências ambientais; 

- Dependendo da turbidez do rio, o aspecto visual da coloração da água e dos efluentes é diferente; 

- A formação de espuma ocorre devido ao fluxo hidráulico do esgoto tratado, fazendo que o ponto fique saturado de micro bolhas de ar. O Samae aplica um produto químico chamado antiespumante, para minimizar essa formação de espuma; 

- Para resolver o problema visual, o Samae está investindo em melhorias, como a instalação de um novo emissário subaquático, que promoverá uma melhor diluição do esgoto tratado; 

- Além disto, informamos que estamos prevendo investimento de aproximadamente R$ 18 milhões na modernização e ampliação desta ETE, que é responsável pelo atendimento de 1/3 da população jaraguaense, com tecnologia de tratamento mais moderna, que devolverá ao Rio Itapocu um efluente ainda de melhor qualidade 

- O projeto de ampliação e modernização da ETE Figueira está em fase de licitação.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Geral

Guaramirim sedia reunião sobre Circuito de Cicloturismo do Vale dos Encantos

A reunião aconteceu na Câmara de Vereadores respeitando todas as medidas vigentes
Guaramirim sedia reunião sobre Circuito de Cicloturismo do Vale dos Encantos
Geral

1° Festival Cultural do Vale do Itapocu está com inscrições abertas

Até o dia 20 de agosto, os candidatos podem se inscrever gratuitamente, no local designado por cada município participante do Festival: Barra Velha, Corupá, Guaramirim, Massaranduba, São João do Itaperiú e Schroeder
1° Festival Cultural do Vale do Itapocu está com inscrições abertas
Geral

Amvali entrega projeto de mobilidade e interligação viária da Estrada do Rio Molha

Amvali entrega projeto de mobilidade e interligação viária da Estrada do Rio Molha
Segurança

Três incêndios são registrados em Jaraguá

Os casos ocorreram entre o início da noite de domingo e o fim desta madrugada
Três incêndios são registrados em Jaraguá
Ver mais de Geral