Imobiliária Coralli
Bombeiros Voluntários

Vento e tempo seco dificultam combates à incêndios na região

15 Set 2016 - 10h24
Vento e tempo seco dificultam combates à incêndios na região -
O maior deles foi registrado no limite de Guaramirim com Joinville. O fogo começou pouco depois das 14h30 e o combate só foi finalizado às 23h. Aproximadamente 30 bombeiros de Guaramirim, Joinville e Jaraguá, trabalharam com abafadores, bombas costais e com uso de quatro mil litros de água para controlar as chamas, que destruíram o equivalente a três campos de futebol de capoeira e mato. O helicóptero Águia da Polícia Militar chegou a ser acionado para auxiliar, mas não foi possível devido ao horário limite para sobrevoo. As causas do incêndio não foram levantadas ainda.

Ainda em Guaramirim, no bairro Nova Esperança, às 15h50, houve outra ocorrência semelhante, com menor área destruída. A fumaça intensa incomodou os moradores próximos a escola Carrossel. Dez bombeiros contaram com ajuda dos moradores para controlar as chamas, uma área íngreme.

Em Jaraguá, a corporação teve trabalho entre às 18h e 20h, período em que ocorreram cinco incêndios em vegetação e ao menos dois acidentes de trânsito. O primeiro foco ocorreu nas imediações da rua Wigando Meier, no Jaraguá 99. No mesmo horário, uma equipe foi deslocada para auxiliar os bombeiros voluntários de Guaramirim e Joinville.

O maior foco de incêndio em Jaraguá destruiu o equivalente a um campo de futebol, na rua Ovídio Spézia, no bairro Três Rios do Sul. O fogo começou por volta das 18h30 e foi controlado por cinco bombeiros que usaram quatro mil litros de água e abafadores.

Às 19h45, ocorreram focos na BR 280, próximo ao Condomínio Dante Minel e na rua Paulo Voltolini, na mesma região entre Nereu Ramos e Ribeirão Cavalo.

Em Massaranduba, os bombeiros encaminharam um caminhão de combate para ajudar a corporação de São João do Itaperiú num incêndio de grandes proporções que destruiu um bananal e uma área de vegetação.

A suspeita é que na maioria dos casos o fogo foi provocado por pessoas, na intenção de queimar algum entulho, ou mesmo fumantes que jogaram pontas de cigarros acesas. No entanto, o tempo seco e os ventos de cerca de 30 quilômetros por hora ajudaram a propagar as chamas.

De acordo com a previsão meteorológica, os riscos de incêndio continuam nesta quinta-feira (15).

Matérias Relacionadas

Economia

Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS

A nova possibilidade poderá ser usada em 2021
Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS
Economia

Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio

Pesquisa foi feita pela Fundação Getulio Vargas
Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio
Educação

Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior

Em 2018, as matrículas dos calouros representavam 39,8% do total
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior
Educação

Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos

Serão entregues 197 milhões de livros em municípios de todo o país
Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos
Ver mais de Geral