Geral

Um brasileiro é morto e cinco são feridos em presídio boliviano

13 Fev 2013 - 20h09

Um brasileiro foi morto e cinco ficaram feridos durante uma briga entre presos brasileiros e bolivianos no interior de um presídio da cidade de Cobija, no estado de Pando. O Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, confirmou à Agência Brasil que o Consulado-Geral do Brasil em Cobija já está acompanhando o caso. Diplomatas estão em contato com os brasileiros envolvidos no assunto.


A confusão ocorreu nessa segunda-feira (11), na Penitenciária Modelo Villa Busch. Segundo o relato de parentes das vítimas brasileiras à imprensa acriana, mais de cem presos bolivianos e seis brasileiros se enfrentaram armados com facas improvisadas, pedaços de pau e barras de ferro.

Durante a briga, o brasileiro Alexando Bezerra Montenegro, de 50 anos, foi morto. Os cinco feridos foram levados ao Hospital Roberto Galindo, em Cobija. Segundo o médico Adolfo Mitre, eles estavam bastante machucados, alguns com múltiplas fraturas, mas nenhum dos cinco corria risco de morte. Dois deles receberam alta ainda na segunda-feira e voltaram a Villa Busch. Os outros três permanecem internados na ala de cirurgia, sob escolta policial.

Conforme noticiou hoje (13) a agência pública de notícias da Bolívia, a ABI, o diretor do Regime Penitenciário, Ramiro Llanos, anunciou que, após a briga, as autoridades prisionais estudam transferir os presos brasileiros para outras unidades.


Ainda de acordo com a ABI, Llanos garantiu que a situação em Villa Busch está sob controle, mas descartou a hipótese de que uma tentativa de fuga tenha motivado a confusão, já que, segundo o diretor, considerando-se as precárias condições dos estabelecimentos, os presos, "se quisessem ir, iriam".

AGÊNCIA BRASIL

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões

Número é maior que população porque muitos têm mais de um chip
Número de acessos móveis no Brasil cresce e fecha 2020 com 234 milhões
Geral

Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento

Campanha Vacina Ação Solidária inicia nesta terça-feira (6) no Pavilhão A do Parque Municipal de Eventos. Quem for se vacinar, pode levar um quilo de alimento não perecível. Se puder e quiser
Quem vai se vacinar também pode ajudar com um quilo de alimento
Saúde

Hemosc necessita de doações de sangue para manter estoques

A doação de sangue está funcionando com horário agendado previamente, que pode ser por telefone ou diretamente no site
Hemosc necessita de doações de sangue para manter estoques
Saúde

Guaramirim inicia campanha para doação de alimentos durante vacinação do coronavírus

A doação é opcional, não sendo obrigatória para quem for receber a vacina
Guaramirim inicia campanha para doação de alimentos durante vacinação do coronavírus
Ver mais de Geral