Mês do Trânsito - Rádio
Geral

Um brasileiro é morto e cinco são feridos em presídio boliviano

13 Fev 2013 - 20h09

Um brasileiro foi morto e cinco ficaram feridos durante uma briga entre presos brasileiros e bolivianos no interior de um presídio da cidade de Cobija, no estado de Pando. O Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, confirmou à Agência Brasil que o Consulado-Geral do Brasil em Cobija já está acompanhando o caso. Diplomatas estão em contato com os brasileiros envolvidos no assunto.


A confusão ocorreu nessa segunda-feira (11), na Penitenciária Modelo Villa Busch. Segundo o relato de parentes das vítimas brasileiras à imprensa acriana, mais de cem presos bolivianos e seis brasileiros se enfrentaram armados com facas improvisadas, pedaços de pau e barras de ferro.

Durante a briga, o brasileiro Alexando Bezerra Montenegro, de 50 anos, foi morto. Os cinco feridos foram levados ao Hospital Roberto Galindo, em Cobija. Segundo o médico Adolfo Mitre, eles estavam bastante machucados, alguns com múltiplas fraturas, mas nenhum dos cinco corria risco de morte. Dois deles receberam alta ainda na segunda-feira e voltaram a Villa Busch. Os outros três permanecem internados na ala de cirurgia, sob escolta policial.

Conforme noticiou hoje (13) a agência pública de notícias da Bolívia, a ABI, o diretor do Regime Penitenciário, Ramiro Llanos, anunciou que, após a briga, as autoridades prisionais estudam transferir os presos brasileiros para outras unidades.


Ainda de acordo com a ABI, Llanos garantiu que a situação em Villa Busch está sob controle, mas descartou a hipótese de que uma tentativa de fuga tenha motivado a confusão, já que, segundo o diretor, considerando-se as precárias condições dos estabelecimentos, os presos, "se quisessem ir, iriam".

AGÊNCIA BRASIL

Matérias Relacionadas

Geral

Acidente aéreo na Ucrânia deixa pelo menos 26 mortos

Avião de transporte militar caiu durante voo de treinamento
Acidente aéreo na Ucrânia deixa pelo menos 26 mortos
Geral

Nasa anuncia programa para levar primeira mulher à Lua em 2024

Antes disso, agência lançará dois testes de voo ao redor do satélite
Nasa anuncia programa para levar primeira mulher à Lua em 2024
Saúde

Doações de órgãos caíram 40% com pandemia

Ministério da Saúde lançou hoje campanha para aumentar doações
Doações de órgãos caíram 40% com pandemia
Jaraguá do Sul

Jaraguá do Sul registra 38ª morte em decorrência do coronavírus

Nas últimas 24 horas foram 23 novos casos e 17 pessoas recuperadas
Jaraguá do Sul registra 38ª morte em decorrência do coronavírus
Ver mais de Geral