Eleições 2020
Fim de ano

Três superluas serão visíveis até o fim do ano

04 Out 2016 - 11h19
O Observatório Astronômico de Lisboa (OAL) informou, em comunicado, que até o fim deste ano todas as luas cheias - que ocorrerão nos dias 16 de outubro, 14 de novembro e 14 de dezembro - serão superluas, fenômeno que ocorre quando o satélite natural parece estar maior do que o habitual.

No dia 16 de outubro, a lua vai parecer maior, não apenas devido à ocorrência de superlua, mas também porque estará mais próxima do horizonte, quando ocorre um efeito extra de ampliação.

De acordo com o OAL, é normal ver a lua cheia próxima da linha do horizonte muito maior do que quando se encontra mais alta no céu noturno. “Esse efeito não é ótico, mas apenas cerebral, ou seja, é o cérebro humano que cria a ‘imagem fictícia’ de uma lua enorme”, diz o comunicado.

As superluas são visíveis quando as luas cheias ocorrem próximas do perigeu, que é o ponto mais próximo que a lua atinge em relação à Terra.  Segundo essa definição, a superlua pode ser frequente, mas nem todas terão o mesmo tamanho e brilho.

 

As informações são da

Agência Brasil

Matérias Relacionadas

Economia

Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS

A nova possibilidade poderá ser usada em 2021
Pix poderá ser usado para recolhimento do FGTS
Economia

Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio

Pesquisa foi feita pela Fundação Getulio Vargas
Confiança do Consumidor tem primeira queda desde maio
Educação

Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior

Em 2018, as matrículas dos calouros representavam 39,8% do total
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior
Educação

Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos

Serão entregues 197 milhões de livros em municípios de todo o país
Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos
Ver mais de Geral