Brasília

Suspeito de terrorismo é preso no DF

11 Jul 2016 - 12h46
Um paquistanês de 32 anos suspeito de terrorismo acabou detido na manhã de domingo em casa, em São Sebastião, no Distrito Federal, pela Polícia Militar e encaminhado à Superintendência da Polícia Federal, em Brasília. Segundo informações da ocorrência da PM, o caso foi tratado, inicialmente como uma ocorrência da Lei Maria da Penha, com ameaças de morte à mulher, uma brasileira, e à família dela. Segundo denúncia da companheira, ele mataria os parentes dela e se suicidaria amanhã, utilizando explosivos, no Aeroporto Internacional de Brasília. Nenhuma das autoridades informou a identidade dos envolvidos.

A denúncia partiu da mulher do suspeito, que foi ao 21º Batalhão da PM, em São Sebastião. Em seguida, os PMs encaminharam o casal para a 6ª Delegacia de Polícia, no Paranoá, onde ficam concentrados os flagrantes na região durante o fim de semana. O objetivo da esposa era formalizar a ocorrência. Mas, ao chegar à delegacia, desistiu de prestar a queixa. Policiais militares acreditam que a desistência aconteceu por um desejo dela de que o acusado partisse logo do Brasil. Caso a acusação fosse registrada, o marido, que tem passagem comprada para o Paquistão, na terça-feira, ficaria preso e não embarcaria — ele deixaria Brasília hoje em direção a São Paulo. Segundo divulgou a PM, o bilhete de viagem foi encontrado em revista na casa dele. O retorno ao país estava previsto para setembro.

O delegado-chefe da 6ª DP, Marcelo Portela, disse que, em depoimento, em meio a conversas desencontradas, o estrangeiro comentou que detonaria explosivos no terminal aeroviário da capital federal. Como a acusação da Lei Maria da Penha feita pela mulher não foi formalmente registrada na 6ª DP, a Polícia Militar resolveu transferi-lo para a Polícia Federal por suspeita de terrorismo. Mesmo assim, até o fechamento desta edição, não era possível confirmar a veracidade da história. “Não há indícios de nenhuma célula terrorista na região”, atestou Portela. Mesmo assim, o caso ganhou repercussão por causa das proximidades dos Jogos Olímpicos no Brasil.

 

 

Estado de Minas

Matérias Relacionadas

Saúde

Pama amplia horário de plantões no fim de semana

Voltado a pessoas com sintomas de gripe, suspeitas de Covid-19, o atendimento acontece das 7 às 22 horas
Pama amplia horário de plantões no fim de semana
Santa Catarina

Na liderança nacional, comércio de Santa Catarina cresce 18,1% em maio

Na comparação com o mesmo período de 2019, o comércio varejista catarinense obteve um acréscimo de 6,4%
Na liderança nacional, comércio de Santa Catarina cresce 18,1% em maio
Segurança

Polícia Militar Rodoviária lança Operação Inverno 2020

A operação conta com o aumento do policiamento preventivo, a fim de proporcionar segurança aos usuários das rodovias estaduais
Polícia Militar Rodoviária lança Operação Inverno 2020
Jaraguá do Sul

Juro Zero fecha plantão com mais de 160 contratos de financiamento para microempreendedores

Município lançou o programa como forma de amenizar os efeitos da pandemia junto aos segmentos mais vulneráveis da economia
Juro Zero fecha plantão com mais de 160 contratos de financiamento para microempreendedores
Ver mais de Geral