Imobiliária Coralli
Mortes

Suposto ataque com arma química deixou mais de 50 mortos na Síria

04 Abr 2017 - 11h39
Suposto ataque com arma química deixou mais de 50 mortos na Síria -

Um bombardeio aéreo que liberou "gás tóxico" na província de Idlib, norte da Síria, matou 58 pessoas, entre elas nove crianças, nesta terça-feira (4), de acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Poliomelite




De acordo com a ONG, que não sabe que tipo de gás foi liberado, os civis morreram por asfixia em Khan Sheikhun. Dezenas apresentaram problemas respiratórios, vômitos e demaios.



O ataque aconteceu no dia que marca o início de uma conferência de dois dias em Bruxelas sobre o futuro da Síria, com mediação da União Europeia e da ONU.



Fotos de ativistas mostram voluntários dos Capacetes Brancos, grupo de socorristas na zona rebelde, no momento em que tentavam ajudar os feridos. Eles jogam água no rosto das pessoas e pelo menos dois homens aparecem com espuma branca ao redor da boca.



A oposição síria pediu ao Conselho de Segurança da ONU a abertura de uma investigação sobre o ataque com "gás tóxico" no noroeste do país.



A Coalizão Nacional, principal grupo da oposição síria, pede em um comunicado ao Conselho de Segurança que "convoque uma reunião urgente após este crime e abra uma investigação imediata".





A nota acusa o "regime do criminoso Bashar al-Assad" de ter executado os bombardeios contra Khan Sheikhun com "obuses que continham gás químico".


G1

Matérias Relacionadas

Educação

Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos

Serão entregues 197 milhões de livros em municípios de todo o país
Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros didáticos
Mundo

Missão japonesa fará imagens de Marte e suas luas em alta definição

Além de fazer imagens, a missão pretende coletar areia obtida em solo
Missão japonesa fará imagens de Marte e suas luas em alta definição
Geral

Huawei avança em energia solar no Brasil e mira em baterias

A empresa é alvo de polêmicas relacionadas à tecnologia 5G
Huawei avança em energia solar no Brasil e mira em baterias
Segurança

Mais de 2 mil embalagens com drogas são incineradas em Jaraguá do Sul

A droga foi incinerada em um forno de olaria que atinge de 800 a 1000ºC
Mais de 2 mil embalagens com drogas são incineradas em Jaraguá do Sul
Ver mais de Geral