Imobiliária Coralli
Geral

STF nega mandado de segurança para impedir votação de vetos dos royalties

17 Jan 2013 - 11h55

O presidente em exercício do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, negou liminar a parlamentares do Esprito Santo para impedir a apreciação dos vetos ao projeto de lei dos royalties do petróleo.


Em um mandado de segurança, os parlamentares pediam liminar para impedir a votação dos vetos sobre os royalties até que fosse designada comissão mista, composta de três deputados e três senadores, para relatar e estabelecer calendário para votação de cada um dos 3 mil vetos presidenciais pendentes de deliberação do Congresso Nacional.

De acordo com o documento, a votação em conjunto dos mais de 3 mil vetos seria uma manobra para possibilitar a apreciação dos vetos dos royalties.

De acordo com a decisão, as matérias relativas à interpretação de normas regimentais do Congresso Nacional devem ser resolvidas exclusivamente no âmbito do Poder Legislativo.

AGÊNCIA BRASIL

Matérias Relacionadas

Economia

Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses

Os dados foram apresentados na última quinta-feira (17) no Mapa das Empresas
Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses
Saúde

Cientistas regeneram cartilagem que facilita movimentos

Eles usaram sinais químicos para orientar o crescimento das células-tronco esqueléticas à medida em que as lesões na cartilagem cicatrizam
Cientistas regeneram cartilagem que facilita movimentos
Geral

Setor de turismo lança Guia do Viajante Responsável

Manual traz medidas de prevenção ao novo coronavírus
Setor de turismo lança Guia do Viajante Responsável
Economia

Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo

Indicador está 3,1 pontos abaixo do registrado antes da pandemia
Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo
Ver mais de Geral