Gestantes

Sífilis em gestantes cresce quase 60% em um ano em Santa Catarina

18 Nov 2016 - 11h59
Apesar de ser uma doença sexualmente transmissível (DST) que pode ser prevenida, tem diagnóstico rápido, dispõe de tratamento e possibilita a cura, a sífilis está novamente se espalhando pelo país. Em 2015, Santa Catarina registrou uma taxa de 58 casos a cada 100 mil habitantes contra 42,7 em todo o país. O índice estadual, que pode ser maior se levada em consideração a subnotificação da rede privada, que não é obrigada a contabilizar, é o quinto mais grave do Brasil e o segundo pior da região Sul.

A abrangência da sífilis no território catarinense é ainda mais preocupante em mulheres grávidas. Entre 2014 e 2015, a estatística pulou de 781 para 1.235 casos a cada mil bebês nascidos vivos. O aumento de 58,1% em um ano faz com que Santa Catarina seja o terceiro Estado com maior aumento na taxa de detecção entre gestantes.  As informações são do jornal HoraSC.

Matérias Relacionadas

Geral

Mesmo antes da primavera aumentam ocorrências envolvendo serpentes em Jaraguá

Somente nos últimos dias foram resgatados 10 espécimes, sendo quatro delas, jararacas e coral-verdadeira, que são cobras peçonhentas
Mesmo antes da primavera aumentam ocorrências envolvendo serpentes em Jaraguá
Geral

Finalizada a revitalização da Gruta Nossa Senhora Aparecida em Corupá

Local é considerado um dos principais atrativos do turismo religioso do município,
Finalizada a revitalização da Gruta Nossa Senhora Aparecida em Corupá
Geral

Morre Leonir de Araújo, dono do Smurfs Lanches de Jaraguá

O sepultamento será nesta quarta-feira (15), às 16h.
Morre Leonir de Araújo, dono do Smurfs Lanches de Jaraguá
Geral

Lunelli faz importante doação aos bombeiros de Corupá

Com novo caminhão, corporação tem suporte local maior para atendimento de incêndio de médio ou grande porte
Lunelli faz importante doação aos bombeiros de Corupá
Ver mais de Geral