dengue
Sesi

SESI conclui mais uma turma do programa Ensino de Jovens e Adultos na região

26 Set 2018 - 17h46


Receberam certificados de conclusão do ensino fundamental e do ensino médio profissionalizante 160 alunos, dos quais 17 na modalidade in company, com aulas realizadas na empresa Nanete Têxtil. Além da entrega de certificados para a turma que concluiu os estudos neste primeiro semestre, em dezembro ocorrerá a formatura de mais 200 alunos.


Jefferson Galdino, diretor regional do SESI, ressalta a importância da conquista para pessoas que não tiveram a oportunidade de concluir a formação básica. Em 19 anos de EJA, 2.200 pessoas já passaram pelo programa, com resultados positivos para a melhor qualificação não só dos trabalhadores da indústria como também da comunidade em geral.

“Hoje contamos com mais de mil alunos estudando, mas na região ainda temos 30 mil pessoas sem o ensino médio completo no Vale do Itapocu, o que representa um desafio para que a sociedade atue de maneira articulada, oferecendo condições a este público que não teve acesso à formação básica”, afirma Galdino.

Além das aulas presenciais, desde 2011 os alunos do EJA do SESI de Jaraguá do Sul podem optar pela modalidade EaD (Ensino a Distância) e, a partir de 2017, a primeira unidade no Brasil a oferecer o programa de maneira integrada aos cursos profissionalizantes oferecidos pelo SENAI.

Outra inovação, que segundo o diretor regional do SESI deve ser ampliada, é a modalidade in company, que funciona dentro do ambiente de empresas, proporcionando maior comodidade aos trabalhadores. “Percebemos com esta primeira turma, que esta condição estimula os colaboradores e a buscar a formação, o que é bastante positivo para que outros tenham a mesma oportunidade”, avalia Gerson Karsten, diretor da Nanete Têxtil.


Para muitos dos formandos, a noite teve sabor de conquista. “É uma noite de festa porque alcançamos uma etapa, pelo que aprendemos e pelas amizades, mas é uma noite de recomeço. A família ajudou muito, e o meu filho, que é professor, foi um grande incentivador para não deixar desanimar”, definiu Cleide Ribeiro. Aos 72 anos, Reinilda Modro Manzke também comemorava com a família a realização de completar a formação básica. “Foram 5 anos desde que comecei o ensino fundamental e agora o médio, me sentia incomodava porque sempre gostei de estudar e a exigência por uma formação me tirou oportunidades. Agora me sinto realizada por ter vencido este safio”, reforça.

A solenidade de formatura contou com a presença do vice-presidente da FIESC no Vale do Itapocu, Célio Bayer, do conselheiro do SESI Giuliano Donini e do diretor de Recursos Humanos da WEG Hilton da Veiga, além de diretores do SESI e do SENAI, professores e familiares dos alunos.



 

 

Matérias Relacionadas

Geral

Confira as previsões do horóscopo para hoje

Saiba o que os astros reservam para você no amor, vida profissional e viagens
Confira as previsões do horóscopo para hoje
Geral

Celular Seguro recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses

Novas funcionalidades devem ser lançadas no segundo semestre
Celular Seguro recebe 57,8 mil alertas de bloqueio em 6 meses
Geral

Insannis Fest ocorre no domingo com show gratuito de Gabriel Pensador, em Jaraguá do Sul

O evento terá food trucks, chopp Stannis, comidas e brincadeiras típicas, pet friendly e copo do evento
Insannis Fest ocorre no domingo com show gratuito de Gabriel Pensador, em Jaraguá do Sul
Geral

Voluntários de Jaraguá do Sul seguem com inscrições para projeto Bombeiro em Ação

Ao todo, são 60 vagas disponíveis para adolescentes de 15 a 17 anos.
Voluntários de Jaraguá do Sul seguem com inscrições para projeto Bombeiro em Ação
Ver mais de Geral