Imobiliária Coralli
Geral

Senadores criticam falta de debate sobre mudanças no ICMS

23 Mar 2012 - 16h03

A falta de debate sobre as mudanças de regras no ICMS foi criticada por senadores que participaram da segunda audiência pública conjunta das Comissões de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e de Assuntos Econômicos (CAE). Entre os catarinenses, o senador Paulo Bauer (PSDB) criticou os sucessivos governos que não enfrentaram a reforma tributária no Brasil. Ele defendeu a redução da carga tributária e a desoneração da folha de pagamentos. O senador Casildo Maldaner (PMDB) disse que Santa Catarina foi buscar a alternativa de receita "por uma questão de sobrevivência". Para ele, o PRS 72/2010 pode até ser o início da solução do problema federativo, mas sufoca os 14 estados que cobram imposto menor de produtos importados. Os senadores Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), Blario Maggi (PR-MT) e Kátia Abreu (DEM-TO), além do relator do projeto na CCJ, Ricardo Ferraço (PMDB-ES), engrossaram o coro que pleiteia um debate mais amplo.

Matérias Relacionadas

Educação

Educação capacita gestores para retomada e anuncia apoio pedagógico presencial na rede estadual

As redes municipal, privada e federal têm autonomia para decidir como conduzir as ações pedagógicas e a retomada, porém, de acordo com o que estabelece o PlanCon e mediante o acompanhamento e a atuação dos comitês municipais
Educação capacita gestores para retomada e anuncia apoio pedagógico presencial na rede estadual
Economia

Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas

O índice subiu 67,6 pontos, diz CNC
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
Geral

Governo libera entrada de estrangeiros em todos os aeroportos do país

Entrada por rodovias e por outros meios terrestres continua restrita
Governo libera entrada de estrangeiros em todos os aeroportos do país
Economia

IBGE: 3,4 milhões estavam afastados do trabalho no início setembro

O motivo foi o isolamento social imposto pela pandemia de covid-19
IBGE: 3,4 milhões estavam afastados do trabalho no início setembro
Ver mais de Geral